Notícias UPF

Pesquisadores da UPF entre os mais influentes do mundo

  • Por: Assessoria de Imprensa
  • Fotos: Divulgação

Publicado pelo Journal Plos Biology, o ranking traz os cientistas mais citados no mundo. Dentre eles, dois da UPF

O Journal Plos Biology publicou recentemente o banco de dados de um estudo que fez a análise do ranking mundial de cientistas. O documento apresenta os cientistas mais influentes do mundo. Na lista, constam diversos pesquisadores brasileiros, entre eles o professor Dr. Álvaro Della Bona, docente da Faculdade de Odontologia e do Programa de Pós-Graduação em Odontologia (PPGOdonto) da Universidade de Passo Fundo (UPF) e o professor Dr. Leonardo José Gil Barcellos, docente da Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária e dos Programas de Pós-Graduação em Bioexperimentação (PPGBioexp) e Ciências Ambientais (PPGCiamb).
 
A pesquisa foi conduzida por uma equipe da Universidade de Stanford (EUA), com o título de "Updated science-wide author databases of standardized citation indicators". O estudo, bem como os dados, pode ser acessado AQUI.

Publicação pode ser acessada no link abaixo


 
De acordo com o professor Álvaro Della Bona, para a realização do estudo foram utilizadas as citações da base de dados Scopus. Essa base atualiza a posição dos cientistas em dois rankings: o impacto do pesquisador ao longo da carreira e o impacto do pesquisador em um único ano, no caso da divulgação, o ano de 2019.

Para o docente, que é orientador no PPGOdonto, figurar na lista é um reconhecimento e uma felicidade. “Fico muito honrado e feliz por estar nesse seleto grupo de doutores dedicados a Odontologia. Sou único representante da Odontologia no Rio Grande do Sul e de todas as áreas do conhecimento na nossa região, entre os 100 mil cientistas mais influentes”, pontuou, ressaltando a importância dos espaços criados pela Instituição e o trabalho realizado pelos pesquisadores.

Barcellos explica que o ranking leva em conta as citações, ou seja, o quanto a ciência gerada na UPF está sendo utilizada no mundo. “É uma honra contribuir com a construção da ciência no mundo. Esse ranking é muito mais qualitativo do que quantitativo. Isso pontua o quanto o conhecimento que produzimos na UPF é importante e relevante, por isso, a pesquisa que realizamos é referência para cientistas do mundo todo”, observa o docente, que também orienta pesquisadores nos PPGBioexp e PPGCiamb.

Ao parabenizar os professores, o vice-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação da UPF, Dr. Antônio Thomé, destacou o trabalho de toda a pesquisa institucional e o empenho dos pesquisadores em fazer da ciência uma área em evolução na Universidade. “Ficamos muitos felizes com o reconhecimento dos professores. Para nós, isso significa que estamos no caminho certo, incentivando a pesquisa em todas as áreas, ampliando nossos programas de mestrado e doutorado e oportunizando aos pesquisadores levar o conhecimento e propor soluções para a sociedade”, ressaltou.