Notícias UPF

Cine-debate do Núcleo de Estudos Históricos do Mundo Rural exibe documentário “Arpilleras”

  • Por: Assessoria de Imprensa
  • Fotos: Divulgação

O Grupo de Pesquisa Núcleo de Estudos Históricos do Mundo Rural (Nehmur), vinculado à linha de pesquisa “Espaço, economia e sociedade”, do Programa de Pós-Graduação em História da Universidade de Passo Fundo (PPGH/UPF), promoveu uma sessão de cine-debate. A atividade, realizada na quinta-feira, dia 25 de abril, no auditório do Centro de Educação em Tecnologia (CET), Campus I, foi composta pela exibição do documentário “Arpilleras: atingidas por barragens bordando a resistência”.

A produção mostra, em cinco diferentes regiões do Brasil, a capacidade de resistência de mulheres atingidas por barragens, as quais encontram, na técnica de bordado chamada arpilleras, formas de expressar o significado do impacto profundo nas suas vidas e na das pessoas envolvidas em projetos de grandes obras de barragem. Desde 2013, a técnica das arpilleras vem sendo utilizada pelas mulheres atingidas para contar as histórias de violações e injustiças nos territórios de construção de barragens.  As mulheres protagonistas do filme contam suas histórias no documentário e a “costura” se dá pela construção de uma arpillera, que viaja as cinco regiões geográficas do Brasil, representando o drama e a luta de mais de um milhão de pessoas que já foram atingidas por barragens no país.

O cine-debate contou com a participação de alunos e demais pessoas interessadas em discutirem temas como resistência, memória, socioambientalismo e terra. Ainda, oportunizou que duas mulheres atingidas por barragens – Grasiele Berticeli, pela de Itá no Rio Grande do Sul/Santa Catarina, e Tatiane Paulino Bezerra, atingida pela barragem Castanhão, localizada no Ceará, ambas integrantes do Coletivo de Mulheres do Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB) – participassem do evento acadêmico e político pedagógico, no qual relataram sobre dores, lutas e superações das mulheres atingidas frente às violações sofridas em suas vidas cotidianas diante do contexto das barragens.
 
O próximo evento coordenado pelo Nehmur será o “I Colóquio - Mundo rural, regiões e fronteiras no processo de (re)apropriação territorial e agrária: a pesquisa e os desafios contemporâneos”, marcado para o dia 23 de maio, na UPF.