Intercâmbios e inserção social

Desde a criação do programa em 2014 as parcerias com outras instituições e programas no Brasil, tem sido incentivado e aos poucos concretizado. Tais parcerias vêm possibilitando intercâmbios com mobilidades de docentes e troca de experiências. Além disso, os intercâmbios têm permitido atividades de cooperação e parcerias, como é o caso do convênio de intercâmbio entre a UPF e a Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões - URI, campus Santo Ângelo. O convênio prevê atividades tais como: disponibilização de informações, por ambas as partes ou cumprimento ao pedido de uma delas, no que concerne a planos de pesquisa, estudo, administração e planejamento docente; intercâmbio de material didático e bibliográfico; estada de professores por períodos determinados, com o propósito de ministrar conferências, participar em cursos e no desenvolvimento de programas de docência comum; realização conjunta de estudos e projetos de pesquisa em temas de interesse comum podendo, em tais casos, recorrer a fontes de financiamento externo para o desenvolvimento dos mesmos, com prévio acordo de ambas as partes; colaboração em projetos de pesquisa e desenvolvimento que uma das partes tenha em execução, intercambiando informações, docentes, discentes, investigadores e pessoal administrativo e técnico; participação de graduados em cursos de pós-graduação ou especialização, mestrado, doutorado e programas de extensão; permitir o uso de laboratórios, assim como assistência no uso dos mesmos, mediante plano de trabalho aprovado pelas partes; orientação acadêmica dos estudantes, com o fim de que participem de seminários e outros programas de complementação; organização de conferências, seminários e cursos sobre problemas que possam interessar a ambas as partes ou a cada uma das universidades; elaboração de programas e planos de estudos conjuntos; outras atividades de cooperação que se acordem entre ambas as partes.

Além do mencionado, o PPGECM tem convênio marco com instituições estrangeiras, como é o caso da Universidade de Alcalá-Espanha, Universidade de Burgos-Espanha, Universidade Católica da Santissima Concepcion-Chile, Universidade Roma Tre-Itália e Universidade Aberta de Lisboa-Portugal.  Por conta desses convênios já tivemos a realização de atividades tanto no Brasil, como nos países das universidades mencionadas, o que resultaram em publicações de caráter internacional. O destaque fica por conta da estada por duas oportunidades de pesquisador da Universidade de Alcalá-Espanha para realização de atividade de investigação e docência junto ao PPGECM.

Além desses convênios, pesquisadores estrangeiros de outras instituições estiveram desenvolvendo ações junto ao PPGECM, como é o caso de docente da Universidade de Harvard–EUA, em 2016 e docente da Universidade de Liverpool-Inglaterra em 2016.

Em termos da inserção social, o PPGECM tem participado de atividades junto à comunidade e que buscam fomentar atividades que aproximem o programa da comunidade em geral (eventos de divulgação científica e popularização da ciência) e das escolas de educação básica (palestras e minicursos), de forma particular. Dentre as atividades que integram o primeiro grupo, está a parceria do PPGECM com o curso de Física-L em eventos como o “Física na Praça”; “Ciências na Cozinha”; Competição de Foguetes pressurizados a ar; Competição de Robótica Educativa Livre; Olimpíada de Programação de Computadores.

No contexto da inserção social com as escolas, destaca-se para além do mencionado no parágrafo anterior que docentes do PPGECM tem se dirigido as escolas de educação básica da rede púbica estadual e municipal para realização de atividades com estudantes e professores, como é o caso das palestras e minicursos. Tais atividades estão voltadas a novas abordagens metodológicas, apresentação e divulgação dos produtos educacionais desenvolvidos no PPGECM e também para realização de atividades como as de observação astronômica e discussão sobre a produção de Biocombustível com Resíduos de Óleo Usado.