Notícias UPF

Diretores, coordenadores e professores de escolas públicas e privadas visitam exposição na UPF

  • Por: Assessoria de Imprensa
  • Fotos: Divulgação

Diretores, coordenadores e professores de escolas públicas e privadas de Passo Fundo visitaram, na tarde dessa terça-feira, dia 21 de maio, a exposição “Amor que mata: do sonho ao pesadelo do feminicídio no RS”, montada no Portal das Linguagens, no Campus I da Universidade de Passo Fundo (UPF). A visita também teve a presença de professores de diferentes cursos da Instituição e foi conduzida por acadêmicos e estagiários do curso de Artes Visuais, acompanhados pela professora Me. Luciane Campana.

Construída coletivamente, a instalação aborda o feminicídio no território gaúcho – o estado ocupa o 14º lugar no ranking nacional do feminicídio – e se constitui num convite à reflexão sobre relacionamentos adoecidos e sobre as saídas possíveis para mulheres que vivem em tal situação. 

A exposição é composta por bustos transparentes que representam as 117 mulheres mortas em 2018 por seus namorados, maridos e/ou companheiros, numa representação da invisibilidade dessas mortes. Os tipos de violência contra a mulher, até chegar na morte, também são apresentados, por meio de uma escada em que cada degrau representa um desses tipos, muitas vezes negligenciados. 

A comunidade acadêmica e a comunidade externa podem visitar a exposição até o dia 31 de maio, das 8h30min às 17h. A entrada é gratuita.