Notícias UPF

Dança e música no Campus I da UPF

  • Por: Assessoria de Imprensa
  • Fotos: Divulgação

Grupo de Danças Folclóricas participa de gravação para apresentar as músicas e as danças do folclore brasileiro

Com o intuito de mostrar que segue ativo e com gana em retornar aos trabalhos que o Grupo de Danças Folclóricas da Universidade de Passo Fundo (UPF) participou, no último sábado, 5 de dezembro, de uma gravação em que foram apresentadas danças e músicas do folclore do Brasil. A atividade foi realizada no Campus I da Instituição e seguiu todas as normas de segurança.
 
A gravação foi desenvolvida em duas partes. A primeira contou com a participação dos músicos, que, em um estúdio, gravaram as músicas. E a segunda parte foi gravada ao ar livre. Segundo o coordenador do Grupo, professor Me. Luís Gustavo Maias da Silva, desde o início do ano foram planejadas ações para serem desenvolvidas, porém, em virtude da pandemia da Covid-19, houve muitas restrições. “Durante 2020, conseguimos fazer algumas gravações on-line, participamos de algumas atividades e eventos virtuais. Queríamos encerrar o ano para mostrar que o grupo segue ativo, com o desejo de voltar aos trabalhos e seguir representando a Instituição", comenta.
 
Com 23 anos de existência e atuando na pesquisa de danças e músicas do folclore brasileiro, o Grupo realizou uma atividade como esta pela primeira vez. “Participar desta ação foi um desafio, porque tivemos que mudar diversas danças e nos adequar às normas de segurança. Foram realizados ensaios separados com cada casal para que não houvesse aglomeração, sempre cuidando da saúde dos bailarinos. Tudo foi desafiador, mas prazeroso, para mostrar que, apesar da situação que enfrentamos, nós conseguimos realizar um espetáculo de forma virtual, mas em um ambiente totalmente diferenciado”, relata Gustavo, destacando o privilégio de ter na Universidade um espaço tão bonito. “Pelo pouco que já vimos da edição, o material ficará belíssimo”, complementa.
 
Após a edição e pós-produção, o vídeo deve ser disponibilizado nas redes sociais. A vontade do Grupo de Danças Folclóricas é de que em 2021 os seus integrantes possam estar de volta aos palcos, dançando e levando o nome da UPF e do folclore brasileiro que, na opinião do professor Gustavo, é uma arte belíssima.