Notícias UPF

Saes: fortalecendo trajetórias, criando novas identidades

  • Por: Assessoria de Imprensa
  • Fotos: Divulgação

Setor de Atenção ao Estudante se destaca pelo trabalho realizado, que busca contribuir para a inclusão, a partir da acessibilidade e da permanência do acadêmico na vida universitária

Caracterizado como um espaço de mediação junto aos acadêmicos por meio do acolhimento e da escuta, o Setor de Atenção ao Estudante da Universidade de Passo Fundo (Saes/UPF) tem como propósito tornar acessíveis os recursos e os ambientes da Instituição para a comunidade acadêmica. Neste sentido, desde a sua criação no ano de 2008, o Saes, com a sua equipe multidisciplinar, procura construir uma rede de relacionamentos por intermédio de projetos que possibilitam ao acadêmico encontrar caminhos para superar qualquer dificuldade que interfira na aprendizagem e ameace a sua permanência na vida universitária.
 
Entre os diversos serviços prestados, estão os atendimentos psicológico, psiquiátrico e psicopedagógico; o acompanhamento institucional; a roda de conversa e as aulas de apoio. Uma das ações mais recentes, implementada em 2020, foi a criação da Rede de Cuidado UPF, que é um espaço virtual em que os estudantes, professores e funcionários podem compartilhar discussões, experiências e anseios.
 
Segundo a equipe do Saes, na Rede foram criadas estratégias de aprendizagem, acompanhamento e cuidado tanto da comunidade interna quanto da comunidade externa. No grupo, foram discutidas e acolhidas diversas temáticas concernentes ao momento, o que reforçou uma estratégia de diálogo, visibilizando os participantes em seus bairros; as escolas onde estudaram com suas fragilidades e potencialidades; as condições socioeconômicas de suas famílias, suas cidades, seus empregos e todo o contexto social em que estão inseridos.
 
Reinvenção frente à pandemia
Todo o trabalho desenvolvido pelo Saes conta com o apoio de duas comissões: a de Aprendizagem, que atua diretamente nas questões relacionadas aos estudantes, por meio de atividades direcionadas a construções coletivas que fortaleçam a aprendizagem dos acadêmicos; e a de Permanência, que se destina a planejar, desenvolver e avaliar programas e ações voltados a garantir a permanência estudantil, material e simbólica, especialmente de estudantes em situação de vulnerabilidade social.
 
De acordo com os integrantes do setor, ao longo do ano de 2020, as ações psicopedagógicas do Saes, que envolvem as comissões, se reinventaram devido à pandemia da Covid-19, no intuito de reconstruir possibilidades nas relações de ensino e aprendizagem dentro da Universidade. Exemplo disso é o atendimento e acompanhamento psicopedagógico e o projeto de extensão Aulas de Apoio - Aluno Apoiador, com a possibilidade de ampliar ações junto a outros atores institucionais, a fim de melhor desenvolver estratégias de ensino-aprendizagem que cuidem da permanência dos estudantes, fortalecendo o papel das mediações pedagógicas.
 
Na opinião da equipe do Saes, as ações desenvolvidas pelo setor, no decorrer do ano passado, imprimiram marcas na UPF, contribuindo com o processo de pôr em marcha uma determinada compreensão de permanência estudantil, bem como de organizá-la em torno de outras ações concretas, tais como um programa de residência estudantil compartilhada; a elaboração do projeto de casa do estudante; o estudo da viabilidade de um restaurante escola; entre outras.
 
Precisa de ajuda? Procure o Saes
Desejando estar cada vez mais próximo da formação dos estudantes quando surgirem fatos ou acontecimentos em suas vidas acadêmicas que interfiram ou atrapalhem o caminho do projeto maior, que é o da construção de um futuro profissional, o Saes está atendendo de forma on-line. Acadêmicos que desejam solicitar atendimento podem fazer contato pelo telefone (54) 3316-8256 ou pelo e-mail saes@upf.br. Mais informações podem ser encontradas no site do Setor de Atenção ao Estudante da UPF, que está com uma nova identidade visual.