Notícias UPF

FUPF recebe certificação pela utilização de energia de fonte renovável

  • Por: Assessoria de Imprensa
  • Fotos: Silvia Brugnera

O uso de energia de fonte renovável permitiu que a Fundação Universidade de Passo Fundo reduzisse 96,80 toneladas de CO2 em emissões no ano de 2018

A Fundação Universidade de Passo Fundo (FUPF) foi reconhecida, por intermédio da Ludfor Energia Ltda, pelo trabalho realizado no consumo de energia elétrica em sua infraestrutura. A FUPF utiliza somente energia elétrica proveniente de fonte limpa, totalmente renovável e que não agride o meio ambiente desde 1º de outubro de 2018. A entrega do certificado de energia renovável e panorama sustentável foi feita nesta terça-feira, 17 de setembro, pelos representantes da Ludfor, Gilney Braido e Vinícius Lazzarotto.

A energia elétrica consumida é proveniente de usinas de fontes incentivadas pelo governo federal, com o objetivo de obter uma matriz energética ambientalmente sustentável e renovável. Com a utilização de energia de fonte renovável, a FUPF reduziu 96,80 toneladas de CO2 em emissões no ano de 2018, o equivalente a 2.675 mudas de árvores conservadas por 20 anos; 962 veículos leves a gasolina percorrendo 500 km; 241 transportes rodoviários de uma tonelada de carga percorrendo um trajeto de 500km; e 41 toneladas de papel/papelão enviadas para aterro sanitário.

Os dados dos cálculos de emissões de Gases de Efeito Estufa (GEE) seguem as reconhecidas metodologias internacionais para esse fim, em especial o GHG Protocol Corporate Standart da Greenhouse Gas Protocol Iniciative e o Intergovernamental Panel on Climate Change (IPCC).

O trabalho desenvolvido faz parte das ações de Responsabilidade Social da UPF e primam por fazer o uso eficiente da energia elétrica, adotando práticas de sustentabilidade, em consonância com a Responsabilidade Social. Para o presidente da FUPF, Dr. Luiz Fernando Pereira Neto, as atividades são fundamentais. “Essas práticas de sustentabilidade atendem a critérios de responsabilidade social e nos fazem crer que seguiremos, nos próximos anos, recebendo essa certificação, com resultados ainda melhores, ou seja, a Universidade receberá, anualmente, esse reconhecimento, proveniente de fonte limpa de energia elétrica, totalmente renovável e que não agride o meio ambiente”, comenta. 

A reitora da UPF, Dra. Bernadete Maria Dalmolin, destacou que, desde 2011, a Instituição trabalha fortemente com uma Política de Responsabilidade Social Universitária (RSU), a qual oficializa e orienta o compromisso da UPF com o desenvolvimento social da região e do país em que está inserida. “Ela representa aquilo que fazemos na relação com toda a comunidade. Temos uma função pedagógica. Se não ensinarmos pelas nossas atitudes, será difícil ensinar pela retórica. O certificado materializa o esforço da Instituição no que se refere ao consumo de energia”, relata.

O gerente da Divisão de Infraestrutura e Logística, Everton Luis Klein, registrou que o reconhecimento é de grande importância para a Universidade.

Trabalho intenso
Segundo o responsável técnico do setor de Sistemas Elétricos da Divisão de Infraestrutura e Logística da UPF, engenheiro elétrico Rangel Casanova Daneli, além dos benefícios da compra de energia via mercado livre, a Universidade possui o Parque de Geração Solar Fotovoltaica, que contribui significativamente com a redução das emissões de gases de efeito estufa através da geração própria de energia. Em 2018, o Parque contribuiu com a redução de 13,8 toneladas de gases de efeito estufa.

Para Daneli, a certificação reconhece o trabalho que a Instituição vem realizando na busca da sustentabilidade e da eficiência energética em suas infraestruturas. “Esse projeto de compra de energia diretamente de fontes limpas e renováveis propicia significativos ganhos sociais, econômicos e ambientais, atendendo aos três pilares da sustentabilidade. Ademais, esse reconhecimento vai ao encontro da Política de Responsabilidade Social e do Plano de Desenvolvimento Institucional da UPF. Como sociedade, precisamos mudar nossos hábitos e processos, sempre visando à melhor convivência com o nosso planeta”, relata.

Também acompanhou a entrega do certificado o funcionário do setor de Sistemas Elétricos da Divisão de Infraestrutura e Logística da UPF Euraldo Hemerich Junior.