Notícias UPF

Feira do Livro recebe Estação de Leitura

  • Por: Assessoria de Imprensa
  • Fotos: Natália Fávero

Estação de Leitura das Jornadas Literárias da Escola Helena Salton ocorreu nesta sexta-feira, 8 de novembro

A Estação de Leitura das Jornadas Literárias da Escola Municipal de Ensino Fundamental Helena Salton foi realizada nesta sexta-feira, 8 de novembro, na Feira do Livro de Passo Fundo, que ocorre no Passo Fundo Shopping. Os estudantes do 1º ao 9º ano realizaram apresentações baseadas nas obras dos autores indicados no caderno de atividades 2019 das Jornadas Literárias. A ação faz parte do projeto Jornada em Movimento "Caminhos e estações: leitores e autores".

As Estações de Leitura são o momento em que estudantes e professores compartilham suas produções e percepções acerca das obras literárias, trabalhadas por meio de teatro, música, cartazes, exposições, entre outras maneiras. “Essa é a melhor parte. Esse movimento que antecede a Jornada Nacional de Literatura, a Pré-Jornadinha, mostra todo o envolvimento dos professores, dos agentes de leitura, a adesão das crianças, das escolas e dos pais dos estudantes, prestigiando e valorizando a literatura, que nesse sentido está sendo democratizada, que é nossa grande intenção na formação do leitor”, enfatiza uma das coordenadoras das Jornadas Literárias, professora Dra. Fabiane Verardi.

Durante a Feira do Livro, os estudantes da Escola Helena Salton realizaram nove apresentações no palco principal, de teatro a declamações. O quinto ano, por exemplo, fez um teatro baseado na obra “Os oito pares de sapatos de Cinderela”, de José Roberto Torero e Marcus Aurelius Pimenta. A aluna Letícia Fontana, de 10 anos, interpretou o papel de Cinderela. “Me sinto feliz e tranquila quando estou lendo. É muito legal participar desse projeto, porque a gente brinca, atua, conversa e a leitura ajuda a aprender ler melhor”, declarou Letícia. 

Os trabalhos realizados pelos estudantes foram expostos na Feira do Livro. Muitos desenhos e objetos foram confeccionados para ilustrar as obras lidas e debatidas na escola. Os alunos foram protagonistas neste processo. “Tudo apresentado e exposto aqui foram ideias dos alunos. Eles idealizaram os trabalhos, as apresentações, os teatros, os desenhos e as pinturas. Um trabalho que envolveu toda a escola, do 1º ao 9º ano, cada um na sua etapa de leitura. A leitura abre horizontes, traz conhecimentos, faz imaginar, memorizar, te torna mais inteligente”, destacou a diretora da Escola Helena Salton, Desiré de Fátima Soares de Meira.

Movimentação permanente
A 17ª Jornada e a 9ª Jornadinha Nacional de Literatura são promovidas pela Universidade de Passo Fundo e pela Prefeitura de Passo Fundo. As instituições pretendem realizar a movimentação literária no primeiro trimestre de 2020.