Notícias UPF

Especialização voltada para o cuidado de crianças e adolescentes em situação de violência está com inscrições abertas

  • Por: Assessoria de Imprensa
  • Fotos: Divulgação

UPF promove formação de especialistas no trabalho de identificação, prevenção e enfrentamento às violências

A violência contra os jovens pode ser considerada como um grave problema dos dias atuais, compreendendo os mais diversos tipos de violência, tais como a negligência, o abandono, as violências psicológica ou emocional, física e sexual, e o bullying. O Brasil ocupa o 2º lugar no mundo entre os países que mais matam e violentam crianças e adolescentes e o 1º lugar entre os países com o maior número de homicídios de adolescentes.

Além disso, em 2019, o Sistema Nacional de Notificações de Agravos efetuou uma média de 250 registros/dia de violências cometidas contra crianças e adolescentes. Atenta à essa questão considerada preocupante, que a Universidade de Passo Fundo (UPF) oferece uma opção de formação para os profissionais que atuam nessa área por meio da Especialização em Cuidado interdisciplinar a crianças e juventudes em situação de violência, que está com matrículas abertas AQUI até o dia 9 de outubro.

Vinculada à Faculdade de Educação (Faed) da UPF, o curso forma especialistas para o trabalho de identificação, prevenção e enfrentamento às violências cometidas às crianças e jovens, nos diferentes contextos familiares, escolares, socioeducativos, com vistas à construção de metodologias que produzam cuidado integral, interdisciplinar e em rede a esse público, assegurando sua dignidade e direitos humanos.

O curso, dentre os seus objetivos, tem o propósito de subsidiar de forma ética, teórica e técnica os processos de trabalho de profissionais de diferentes áreas que atuam ou pretendem atuar no âmbito das políticas públicas direcionadas ao atendimento de crianças e juventudes vítimas de violência. Além disso, a formação incentiva à construção de culturas e práticas de prevenção às violências infanto-juvenis junto a territórios, sujeitos e instituições.

Público-alvo e funcionamento das aulas
A especialização é destinada a profissionais que atuam em instituições e com políticas, programas e projetos na área da infância e adolescência, bem como à graduados em Enfermagem, Pedagogia, Direito, Fonoaudiologia, Psicologia, Serviço Social, Medicina e afins.

Também podem ingressar interessados em atualizar conhecimentos na área da infância e juventude, aprendendo novas metodologias de trabalho na área, aperfeiçoando as formas de prevenir e cuidar deste público em situação de violência, e em exercitar e aprender a interdisciplinaridade em tecnologias do cuidado.

As aulas iniciam no dia 16 de outubro, sendo quinzenais, às sextas-feiras à noite e aos sábados pela manhã, em um período de 16 meses. Os encontros ocorrem por meio do Ensino Híbrido, que é uma moderna modalidade de educação capaz de unir o melhor dos dois mundos: a flexibilidade do ensino remoto e a riqueza de experiências da educação presencial com o auxílio de tecnologias de inovação para melhores resultados.

Neste link, é possível conferir dicas de como organizar a rotina de estudos de quem deseja realizar um curso de maneira híbrida.

Informações
O investimento na matrícula para a realização da Especialização em Cuidado interdisciplinar a crianças e juventudes em situação de violência é de R$ 95,55. O custo da formação pode ser dividido em 16 parcelas de R$ 286,65. Mais detalhes sobre o curso estão disponíveis nesta página.