Notícias UPF

Atlética da UPF é vice-campeã de competição de enquetes no Instagram

  • Por: Assessoria de Imprensa
  • Fotos: Divulgação

A Associação Atlética de Arquitetura e Engenharias Java da Universidade de Passo Fundo (UPF) conquistou o segundo lugar na Rinha das Atléticas. A competição on-line de enquetes no Instagram foi organizada pela empresa Farol Universitário e reuniu, durante cerca de dois meses, mais de 120 atléticas do Brasil e do Paraguai.

As enquetes eram realizadas nos stories do Instagram da Farol Universitário. Como tarefa, as equipes tinham que fazer contato com o maior número de pessoas, convidando-as a participar da votação. Quem recebesse a maior porcentagem, avançava de fase. Ao final de cada etapa, os organizadores ainda faziam uma live para mostrar a quantidade de votos que cada grupo contabilizou. Nos casos de empate, os vencedores foram definidos com base nesses dados.

A Java disputou a grande final com a Associação Atlética Acadêmica IFSC – Florianópolis. A decisão que definiu o campeão teve um total de 31.600 votos. A Atlética que representou a UPF acabou perdendo por uma diferença de 163 votos. Para o presidente da Liga Esportiva das Atléticas da Universidade, Pedro de Carvalho da Silva, o resultado foi satisfatório. “No meio de 128 atléticas, ter chegado à final representa todo o esforço que fizemos para conseguir votos e avançar as fases da disputa. Além disso, é um grande reconhecimento, pois houve atléticas de todo o país e duas do Paraguai. Tenho a certeza que os nomes de Passo Fundo, da UPF e dos cursos de Engenharia e Arquitetura chegaram em locais onde as pessoas não os conheciam”, comenta, destacando o envolvimento dos professores nos confrontos, que também votaram.

Segundo Silva, a Rinha contribuiu com a integração das atléticas da região Sul. “Tanto os grupos do Rio Grande do Sul, de Santa Catarina e do Paraná, quanto as equipes do Paraguai, criaram uma aliança e se uniram para ajudar na votação. A partir disso, foi desenvolvida uma liga, a qual está sendo estruturada, para a realização de jogos presenciais em 2021 e 2022”, conta.

A premiação do evento foi de R$2500,00 em produtos dos patrocinadores, que serão divididos entre os três primeiros colocados.

Reinvenção em meio à crise
Devido a pandemia do novo Coronavírus (Covid-19), o trabalho das atléticas da UPF sofreu algumas adaptações para continuar ativo. “Quando a quarentena foi decretada, percebemos que as atividades da atlética também teriam que ser paralisadas. Foi neste momento que nos reinventamos e começamos a pensar de que forma movimentaríamos os associados. Como exemplo, alteramos o nosso plano de associados e passamos a promover e participar de eventos e ações on-line, como os Jogos Interatléticas UPF E-Sports (JOIA), a Rinha das Atléticas e uma campanha solidária. Mesmo a distância, o saldo do semestre foi positivo, já que não ficamos parados”, avalia o presidente Pedro Carvalho da Silva.