Notícias UPF

A serviço da vida: UPF vai realizar testes para diagnóstico da Covid-19

  • Por: Assessoria de Imprensa
  • Fotos: Arquivo/UPF

Prefeitura de Passo Fundo anuncia a compra dos insumos para teste do coronavírus. Universidade será responsável pelo diagnóstico

Uma parceria entre a Universidade de Passo Fundo (UPF) e a Prefeitura de Passo Fundo vai proporcionar a ampliação da testagem de diagnóstico do SARS-CoV2. No último sábado, dia 28 de março, a prefeitura anunciou a compra dos insumos para que a Universidade possa realizar o diagnóstico. O início do trabalho está atrelado ao recebimento destes materiais.


O professor Luiz Carlos Kreutz, Doutor em Virologia e também Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Bioexperimentação da UPF, será o responsável por essa nova frente de trabalho.  Ele explica que a Universidade, em conjunto com uma empresa residente no UPF Parque, está fazendo esforços conjuntos para que possamos realizar o teste de diagnóstico do SARS-CoV2.   "Importante esclarecer que não vamos produzir os testes, mas sim, fazer o diagnóstico, e para tanto vamos organizar profissionais, estrutura, reagentes e demais condições que forem necessárias para que possamos contribuir no enfrentamento dessa pandemia, principalmente no que diz respeito à tomada de decisões médicas relacionadas aos pacientes infectados", detalhou. Os testes serão feitos em conformidade com as recomendações da Organização Mundial da Saúde para o diagnóstico do SARS-Cov2.
 
O prefeito Luciano Azevedo ressaltou que a falta de diagnósticos precisos prejudica a tomada de decisões, pois sem os testes não é possível saber até que ponto o vírus se espalhou, nem diferenciar quem está com o coronavírus de pessoas apenas com sintomas semelhantes.
 
"A ampliação da testagem nos dará informações em relação à situação local, permitindo a definição de estratégias de isolamento das pessoas contaminadas com o vírus e evitando a disseminação da doença", observou a secretária municipal de saúde, Carla Gonçalves.
 
UPF atua em diferentes frentes
 
Desde o início da mobilização nacional para o enfrentamento da doença, a UPF tem trabalhado em diferentes frentes. Desde segunda-feira (23), professores e estudantes da Instituição trabalham voluntariamente no serviço de teleatendimento, realizado em parceria com a Prefeitura de Passo Fundo, atendendo às ligações da população, esclarecendo dúvidas e prestando orientação a respeito da Covid-19. 

Além disso, voluntários do curso de Design de Moda vem atuando na confecção de máscaras e jalecos que serão utilizados por profissionais da área da saúde nos hospitais do município. Ainda, funcionários e professores da Universidade estão atuando no grupo “Todos pela Saúde”, que tem por objetivo fabricar e distribuir face shields a hospitais de várias cidades. A Universidade também desenvolve uma parceria entre HSVP e IFSul que resultou em um protótipo de automatização baseado na ventilação manual de emergência que, após testes, poderá ser uma alternativa respiratória para pessoas com Covid-19.    

Conheça todas as iniciativas acessando www.upf.br/coronavirus.