Edição V.1, 2017

Palestrantes

Cecilia Bajour

Graduada em Letras pela Universidade de Buenos Aires e mestra em Livros e Literatura para Crianças e Jovens, pela Universidade Autônoma de Barcelona, Banco do Livro da Venezuela e Fundação Germán Sánchez Ruipérez (FGSR). Na Universidade Nacional de San Martín, é codiretora da especialização em estudos avançados em Literatura Infantil e Juvenil e dos Diplomados em Literatura Infantil e Juvenil e professora titular de Literatura Infantil e Juvenil da formação universitária em Letras, e, coordena a área de Literatura Infantil e Juvenil do Programa de Leitura, Escrita e Literatura Infantil e Juvenil (PLELIJ). Além disso, é professora de Literatura na Educação Primária e na Educação Inicial em institutos de formação docente da cidade de Buenos Aires. Publicou os livros Ouvir nas entrelinhas: o valor da escuta nas práticas de leitura (Pulo do Gato, 2012), La orfebrería del silencio: la construcción de lo no dicho en los libros-álbum (Comunicarte, 2016) e Juego con palabras, palabras en juego (Conaculta, 2015). Faz parte do Conselho Consultivo da Revista Emília, publicação digital criada em São Paulo de leitura e literatura para crianças e jovens.

Roberto Vecchi

Licenciado em Literatura e Filosofia na Faculdade de Letras e Filosofia da Universidade de Bolonha (1987), mestre em Línguas e Literaturas Estrangeiras Modernas na mesma faculdade (1989) e doutor em Estudos Ibéricos no Departamento de Línguas Estrangeiras Modernas e Literatura pela Universidade de Bolonha (1993). É investigador associado no Centro de Estudos Sociais (CES) da Universidade de Coimbra (desde 2007). É professor no programa de doutoramento Patrimónios de Influência Portuguesa (III/CES) da mesma universidade (desde 2015), assim como professor catedrático de Literatura Portuguesa e Brasileira na Faculdade de Línguas e Literaturas Estrangeiras da Universidade de Bolonha, do programa de doutoramento em Iberística do Departamento de Línguas e Literaturas Estrangeiras Modernas da mesma universidade e das universidades de Milão e de Bergamo. É, ainda, investigador convidado do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), Brasil e diretor da “Cátedra Eduardo Lourenço” Universidade de Bolonha/ Instituto Camões (desde 2007), sendo regente Margarida Calafate Ribeiro. As suas diretrizes de investigação englobam os âmbitos brasileiro e português, aprofundando, sobretudo a vertente crítica das relações entre história, literatura, trauma, memória e violência. 

Rui Torres

Graduado em Ciências da Comunicação pela Universidade Fernando Pessoa (1996), mestre em Literatura Portuguesa e Brasileira pela University of North Carolina At Chapel Hill (1999) e doutor em Literatura Portuguesa e Brasileira pela University of North Carolina at Chapel Hill (2002). Atualmente é Professor Auxiliar (PhD) da Universidade Fernando Pessoa. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Ciberliteratura. Atuando principalmente nos seguintes temas: Literatura Portuguesa, Poesia Experimental, Teoria da Informação, Poesia Portuguesa do Século XX -- Salette Tavares.

Alckmar Luiz dos Santos

Graduado em Engenharia Eletrônica, pela Universidade Estadual de Campinas (1983), mestre em Teoria e História Literária pela Universidade Estadual de Campinas (1989) e doutor em Estudos Literários pela Université Paris VII (1993). Desde 1994, é professor de Literatura Brasileira da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e, a partir de 1995, coordenador do Núcleo de Pesquisas em Informática, Literatura e Linguística (NUPILL, núcleo de pesquisa de excelência do CNPq, financiado pelo edital PRONEX, em parceria com a FAPESC, desde 2008). Foi pesquisador convidado na Université Paris 3 - Sorbonne Nouvelle (2000-2001) e na Universidad Complutense de Madrid (2009-2010). Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Literatura Brasileira e Teoria Literária, atuando principalmente com teoria do texto, literatura e filosofia, hipertexto e texto digital, poesia. É também poeta, romancista e ensaísta. Autor dos livros Leitura de nós e Dos desconcertos da vida filosoficamente considerada (ensaio e poema digital respectivamente; Prêmio Transmídia - Instituto Itaú Cultural), Rios Imprestáveis; (poemas; Prêmio Redescoberta da Literatura Brasileira da Revista Cult); Ao que minha vida veio... (romance; Prêmio de romance Salim Miguel), Dos desconcertos da vida filosoficamente considerada (poemas; menção honrosa no Prêma de Poesia Cruz e Souza), além de outros. Foi homenageado como pesquisador-destaque da UFSC em 2011. É atualmente professor-titular do Departamento de Línguas e Literaturas Vernáculas da Universidade Federal de Santa Catarina.

Ana Elisa Ferreira Ribeiro

Professora e pesquisadora do Departamento de Linguagem e Tecnologia do Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (CEFET-MG), onde atua no Programa de Pós-Graduação em Estudos de Linguagens (mestrado e doutorado), no bacharelado em Letras (Tecnologias da Edição), em cursos de especialização e na educação profissional técnica de nível médio. É doutora em Linguística Aplicada (Linguagem e tecnologia) e mestre em Estudos Linguísticos (Cognição, linguagem e cultura) pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), onde também se bacharelou e licenciou em Letras/Português. É pós-doutora em Comunicação pela PUC-Minas (2009-2010), em Linguística Aplicada pelo Instituto de Estudos de Linguagem da Unicamp (2011-2013) e em Estudos Literários pelo Pós-Lit UFMG, com pesquisa no Acervo de Escritores Mineiros. É associada da Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação (Intercom), tendo sido coordenadora adjunta do Grupo de Pesquisa em Produção Editorial (GPPE) da por 8 anos (até 2015). Atua como referee de diversas revistas e da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC). É líder do grupo de pesquisa (CNPq) Escritas Profissionais e Processos de Edição. Suas pesquisas abordam temas como: tecnologias e educação; história das tecnologias da escrita e da leitura; formação e atuação de editores e revisores; letramentos, leitura e tecnologias digitais, literatura contemporânea e processos de edição. Seus livros técnicos mais recentes são Textos Multimodais, pela Parábola Editorial (2016), e Em busca do texto perfeito, pela Artigo A (2016). É cronista, contista e poeta, autora de livros e publicações literárias individuais e coletivas no Brasil, em Portugal, no México, nos EUA e na França. Dois de seus livros foram semifinalistas do Prêmio Portugal Telecom de 2014. Em 2015, o livro infanto-juvenil O e-mail de Caminha foi selecionado para o Acervo Básico da FNLIJ. Trabalha, atualmente, com o poeta Bruno Brum, na curadoria e na publicação da Coleção Leve um Livro, que distribui livros de poesia contemporânea em Belo Horizonte, com o fomento da Lei Municipal de Incentivo à Cultura.

Angela Paiva Dionisio

Graduada em Licenciatura Plena em Letras pela Universidade Federal de Campina Grande (1986), mestre (1992) e doutora em Linguísitica (1998) pela Universidade Federal de Pernambuco. Realizou estágio de pós-doutoramento em Santa Barbara University, California, USA, com Charles Bazerman (2003-2004). É professora titular aposentada da Universidade Federal de Pernambuco. Coordenou a área do PIBID Letras/Português UFPE, juntamente com Suzana Cortez (2014-2016). Atuou como professora e orientadora no PROFLetras UFPE (2013-2015). Integra as equipes responsáveis pelas publicações em língua portuguesa, no Brasil, dos estudiosos Charles Bazerman e Carolyn Miller, cujos livros foram editados pela Cortez e pela Parábola Editorial. Possui artigos publicados nos livros Gêneros Textuais e Ensino, Múltiplas Linguagens para o Ensino Médio, O Livro Didático de Português: múltiplos olhares, Gêneros Textuais: reflexões e ensino, Fala e Escrita, Diversidade Textual. Criou e coordena o Núcleo de Investigações sobre Gêneros Textuais (NIG) da UFPE e a Série Bate-Papo Acadêmico (www.nigufpe.com.br). Como coordenadora do PIBID Letras Português (2011-2013) criou, organizou e publicou três séries didáticas voltadas para a formação do professor de língua portuguesa (www.pibidletras.com.br).

Fernanda Mussalim

Graduada em Letras pela Universidade Estadual de Campinas (1987), mestra (1996), doutora (2003) e pós-doutora (2009) em Linguística pela mesma universidade. É professora associada 3 da Universidade Federal de Uberlândia, atuando na graduação e pós-graduação. Tem experiência na área de Linguística, com ênfase em Análise do Discurso, e realiza pesquisas em torno dos seguintes temas: autoria; processos editoriais; constituição de posicionamentos discursivos no campo da arte (abrangendo literatura e música); relações entre estilo e ethos; e gêneros do discurso e ensino. Coordena, junto ao Instituto de Letras e Linguística da Universidade Federal de Uberlândia e a seu Programa de Pós Graduação em Estudos Linguísticos, o projeto Processos editoriais e institucionais de gestão da imagem de autor: em pauta a identidade criadora de Mário de Andrade. É líder do Grupo de Pesquisa CED (Círculo de Estudos do Discurso), também filiado a essa universidade, membro do CEPELP (Centro de Pesquisa em Ensino de Língua Portuguesa - UFU) e do Centro de Pesquisa FEsTA (Fórmulas e estereótipos: teoria e análise), filiado ao Instituto de Estudos da Linguagem da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). É coordenadora da coleção Tradução de Estudos Linguísticos, da Editora da UFU (EDUFU); membro do Conselho Editorial da Cortez Editora (na área de Linguagem) e dos conselhos editoriais das seguintes revistas científicas: Revista da ABRALIN; Língua(gem) em Discurso - UNISUL; Cadernos de Estudos Linguísticos - IEL, UNICAMP; Letras & Letras - UFU; Linguasagem - UFSCar; Percursos Linguísticos - UFES; Todas as Letras - MACKENZIE; e Coleção Mestrado em Linguística - UNIFRAN. É membro das seguintes sociedades científicas: GEL (Grupo de Estudos Linguísticos do Estado de São Paulo); ABRALIN (Associação Brasileira de Linguística); ALFAL (Associação de Linguística de Filologia da América Latina); e ALED (Associação latino-americana de Estudos do Discurso). É bolsista PQ - nível 2 - pelo CNPq.

Philippe Willemart

Doutor em Letras (Língua e literatura francesa) pela Universidade de São Paulo (1976). Atualmente é professor titular em literatura francesa da Universidade de São Paulo. Pesquisador IA do CNPq, publicou livros e artigos, orienta teses, pós-doc e pesquisa nas áreas de Letras e de psicanálise. Coordena o Núcleo de Apoio à Pesquisa em Crítica Genética (NAPCG) e o Centro de Estudos Genéticos Proustianos que incluía o projeto temático FAPESP "O projeto Brépols brasileiro” (2007-2011) e um segundo projeto temático estudando os manuscritos de Proust, Mallarmé e Henry Bauchau (2012-2016). É membro fundador da Associação dos pesquisadores em crítica genética (APCG) e do Laboratório do Manuscrito literário (LML). 

Renata Loureiro Frade

Renata Frade é empreendedora editorial, jornalista e escritora. Mestre em Literatura Brasileira pela Uerj, com dissertação sobre mercado editorial. Jornalista formada pela PUC-Rio, foi repórter dos jornais Extra e O Globo e resenhista de lançamentos literários e sobre jornalismo do Ideias (Jornal do Brasil). Tem atuado em Marketing e Comunicação há 15 anos no Mercado de livros para entidades (como SNEL, LIBRE, Fundação Biblioteca Nacional), editoras (Valentina, Gradiva Editorial, Senac, etc), escritores nacionais e internacionais. Especialista em transmedia no M.I.T. e em Novas Mídias em Stanford. Realiza construção de marca e carreira literária para autores Punch! for Writers.

Rildo Cosson

Doutor em Letras pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1998) e realizou pós-doutoramento em Educação pela Universidade Federal de Minas Gerais em 2007. É autor dos livros Círculos de Leitura e Letramento Literário (2014), Escolas do Legislativo, Escolas de Democracia (2008), Fronteiras Contaminadas - Literatura como jornalismo e jornalismo como literatura no Brasil dos anos 1970 (2007), Letramento literário: teoria e prática (2006), O livro e o gênero (2002), Romance-Reportagem (2001). Tem organizado livros, publicado artigos e participado em congressos nacionais e internacionais sobre letramento político e letramento literário. Atualmente é professor do Programa de Pós-Graduação do Centro de Formação, Treinamento e Aperfeiçoamento (Cefor) da Câmara dos Deputados e pesquisador do Centro de Alfabetização, Leitura e Escrita (Ceale) da Faculdade de Educação da UFMG.