Notícias UPF

“Construindo conhecimentos para a redução das desigualdades” é tema da Semana do Conhecimento

  • Por: Assessoria de Imprensa
  • Fotos: Natália Fávero

Evento ocorre de 1º a 5 de outubro, na Universidade de Passo Fundo

A V Semana do Conhecimento da Universidade de Passo Fundo (UPF) ocorre de 1º a 5 de outubro e integra a Mostra de Iniciação Científica (MIC), a Mostra de Extensão (MEX) e a Mostra de Trabalhos de Pós-Graduação. Em sua quinta edição, o evento tem como tema “Construindo conhecimentos para a redução das desigualdades”. A abertura foi realizada na noite de segunda-feira, 1º de outubro, no Centro de Eventos da UPF.

O intuito da Semana do Conhecimento é aproximar práticas de ensino, pesquisa e extensão, que vêm, ao longo dos anos, fortalecendo espaços de diálogo e de troca de saberes. Neste ano, o evento contou com a inscrição de cerca de 1,2 mil trabalhos, sendo 224 na Mostra de Extensão, 775 na Mostra de Iniciação Científica e outros 191 na Mostra de Pós-Graduação. 

A temática “Construindo conhecimentos para a redução das desigualdades” afirma o compromisso que a Instituição, que completa 50 anos, foi delineando em sua história, abrangendo questões de âmbito global de forma a refletir nas múltiplas realidades e contextos que perpassam a comunidade interna e externa.  “A Semana do Conhecimento é algo nosso e essa mistura entre ensino, pesquisa, extensão, graduação e pós-graduação é rara, só encontramos aqui”, ressaltou o vice-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação, Antônio Thomé, que também enfatizou a importância do tema do evento. “Vivemos um momento único em nosso país em que discutir desigualdades sociais é muito pertinente e é importante discutirmos isso na nossa comunidade acadêmica, mostrando que temos que ter divergências, mas aceitar as diferenças”, salientou.

O evento tem também ampliado os diálogos junto a outros sujeitos e práticas da Universidade. “A Semana do Conhecimento tem essa característica de aproximar a pesquisa da extensão. E, no caso da extensão, são mais de 260 trabalhos apresentados nesta semana, que mostram todo o potencial da Universidade na área da extensão, nos mais diversos cursos”, comentou o vice-reitor de Extensão e Assuntos Comunitários, Rogerio da Silva.

A abertura da atividade também contou com a apresentação do grupo Capoeira Angola Palmares Sul, que tem a parceria do projeto Atleta do Futuro da UPF.

“Construindo conhecimentos para a redução das desigualdades” 
A temática desta edição teve como inspiração o tema da 16ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia e tem como objetivo sensibilizar para a reflexão sobre os Objetivos do Desenvolvimento do Milênio, especificamente o objetivo 10 – “Reduzir a desigualdade dentro dos países”. 

Uma mesa redonda, mediada pela professora Dra. Cristina Fioreze (UPF) e formada pela reitora da UPF, Dra. Bernadete Maria Dalmolin (UPF), e pelos professores Dra. Cleide Fátima Moretto (UPF), Dra. Luciana Londero Brandli (UPF) e Dr. Pedro Roberto Jacobi (USP), que participou por videoconferência, debateu o tema.   

O debate aproxima-se de ações que vêm sendo desenvolvidas na UPF, tais como a Política de Responsabilidade Social Universitária, o Pacto Universitário pela Promoção do Respeito à Diversidade, da Cultura da Paz e dos Direitos Humanos, em consonância com os documentos maiores da Instituição, como o Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) e o Projeto Pedagógico Institucional (PPI), entre outras propostas relacionadas a programas e projetos de pesquisa, de extensão e de pós-graduação. “Esse tema é um grande objetivo que reúne um conjunto de ações que precisam ser pensadas por toda a sociedade. Discutirmos esse tema em um momento em que se reúne toda a comunidade acadêmica é assumir o compromisso que uma universidade comunitária tem, que é pensar na redução das desigualdades por meio dos seus cursos, programas e projetos”, assegurou a reitora da UPF.

XI Mostra de Extensão Universitária
A XI Mostra de Extensão Universitária, que ocorre dentro da programação da Semana do Conhecimento, objetiva promover espaços de diálogo, produção e socialização de conhecimento. As comunicações orais têm o formato de mesas integradas. Os extensionistas que submeterem trabalhos de suas respectivas práticas realizam suas apresentações em salas juntamente com os demais atores da comunidade acadêmica.

Mostra de Iniciação Científica
Como forma de garantir a socialização das pesquisas desenvolvidas por alunos da UPF e de outras instituições, bem como de integrar alunos e professores pesquisadores das diferentes áreas do conhecimento, a Semana do Conhecimento congrega também a Mostra de Iniciação Científica, realizada desde 1991 na UPF. A evolução das Mostras de Iniciação Científica promovidas pela UPF é evidente, tanto pelo aumento do número de trabalhos quanto pelo seu incremento em qualidade.

Mostra de Trabalhos de Pós-Graduação
Além da riqueza do histórico das Mostras de Pesquisa e Extensão, a Semana do Conhecimento tem também ampliado os diálogos junto a outros sujeitos e práticas da Universidade, tais como o Pibid, o PET e o PRÓ-Saúde, além da pós-graduação stricto e lato sensu, das residências multiprofissionais, do Integrado UPF e da Feira de Ciências. Nesse contexto, o evento também integra a Mostra de Trabalhos de Pós-Graduação, contemplando estudos desenvolvidos a nível de especializações, mestrados e doutorados, além das Residências Multiprofissionais em Saúde.

Informações
Mais informações sobre a V Semana do Conhecimento podem ser acessadas no endereço www.upf.br/semanadoconhecimento.