Notícias UPF

Os 32 selecionados na “Copa do Mundo” da música – Grupo B

  • Por: Jonathas Koche e Tobias Betin
  • Fotos: Divulgação

Aproveitamos o clima para fazer a nossa seleção musical representando as 32 seleções participantes da Copa do Mundo 2018! Hoje é a vez do grupo B com: Espanha, Irã, Marrocos e Portugal. Confere aí:

Espanha – Joana Serrat
Obra da cantora é fruto de uma introspecção pessoal e artística; prova disso é um início de carreira (2008), bem sucedido seguido de um exílio de dois anos dos palcos. Depois disso, volta a participar no Invictro do Mercado de Música Viva de Vic 2011 e a sua canção ‘Newsom Song’ faz parte do vinil comemorativo do décimo aniversário. Em fevereiro de 2012, depois de três anos de preparação, finalmente sai o duplo álbum de The Relief Sessions,  Este disco indica um ponto de inflexão no artista, sendo o primeiro que assina com o seu nome, o primeiro que incorpora temas em catalão e o que chega o reconhecimento musical.https://bit.ly/2MwcqNN

Irã - Comment Band
Um som alternativo com muita sonoridade britânica. Lembra o rock feito nos anos 1990 na Inglaterra. A banda traz Kian Pourtorab nos vocais, Nima Ramezan na guitarra, Bardia Amir batera, Ashkan Abron teclados e Arin Keshishi no baixo. https://bit.ly/2tdcbxU

Marrocos - Gnaoua
O país promove praticamente uma "copa do mundo" rítmica, com o Festival Gnaoua; uma celebração da raiz africana que combina poesia, música e dança e atrai artistas de vários países. O Brasileiro Carlinhos Brown também fez uma ponta em um desses.https://bit.ly/2t1MLEl

Portugal – Anaquim
A sua música tem diversas influências de cantores portugueses, passando pela música francesa, às tradições balcânicas e ainda a música country, sempre com o intuito de tocar nos temas atuais da sociedade. Dar novos caminhos à sua sonoridade característica, continuar explorando a diversidade da palavra escrita em português em tom ironico, é o compromisso da banda liderada por José Rebola. https://bit.ly/2t0nD0S