Notícias UPF

Grammy 2020: Cage The Elephant leva prêmio de Melhor Álbum de Rock em noite de consagração de Billie Elish

  • Por: Eugenio Siqueira
  • Fotos: Jordan Strauss/Invision AP

A noite do último domingo (26) foi de festa para a música mundial. A 62ª edição do Grammy consagrou Billie Elish como grande nome da música da atualidade. Ela se tornou a segunda artista na história a ganhar nas quatro grandes categorias da premiação: revelação, melhor álbum, melhor gravação e melhor música do ano. Com os prêmios, a cantora de 18 anos é a artista mais nova a vencer nas principais categorias desde 1981.

O rock teve seu espaço na cerimônia. Na premiação de Melhor Álbum de Rock quem se deu bem foi o Cage The Elephant, com o disco “Social Cues”. O grupo disputava com Bring Me The Horizon, The Cranberries, I Prevail e Rival Sons.

No prêmio de Melhor Performance de Rock o vencedor foi o guitarrista Gary Clark Jr com “This Land”, que também faturou em Melhor Música de Rock. Já a banda Tool, que proporcionou um dos grandes retornos no ano passado, também brilhou pelo Grammy, levando a categoria Melhor Performance de Metal com a canção de 15 minutos “7empest”. Outro representante do rock que fez bonito foi o Vampire Weekend, vencedor da categoria de Melhor Álbum de Música Alternativa com “Father Of The Bride”.

Homenagem a Chris Cornell
Na categoria de Melhor Pacote de Gravação, o rock brilhou mais uma vez com uma premiação póstuma a Chris Cornell, o saudoso vocalista das bandas Soundgarden e Audioslave foi o vencedor com a compilação póstuma de carreira que incluiu obras de Barry Ament, Jeff Ament e Joe Spix.