Notícias UPF

Segurança da informação e privacidade de dados em alta no mercado de trabalho

  • Por: Assessoria de Imprensa
  • Fotos: Reprodução

UPF oferta Especialização em Gestão de Segurança da Informação e Privacidade Digital, área que requer cada vez mais profissionais qualificados

A Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD) visa proteger os direitos fundamentais de liberdade e de privacidade, além do livre desenvolvimento da personalidade da pessoa natural. Atualizada neste cenário, a Universidade de Passo Fundo (UPF) está com matrículas abertas para a Especialização em Gestão de Segurança da Informação e Privacidade Digital. Interessados podem se matricular até o dia 9 de outubro, acessando AQUI.

Ligado ao Instituto de Ciências Exatas e Geociências (ICEG), o curso tem como foco a gestão de segurança da informação e privacidade de dados com base na nova legislação da LGPD. Além disso, ele possui ênfase na formação e atualização de profissionais capazes de atuar tanto em posições práticas de configuração de segurança, como também em cargos estratégicos e Data Protection Officer (DPO).

Dentre os seus diferenciais, a formação possui um currículo atualizado com a gestão de segurança da informação e privacidade de dados focada na recente LGPD; aulas direcionadas em certificações, como Segurança na Nuvem Microsoft e DPO para profissionais envolvidos com gestão LGPD; e uma grade curricular composta por disciplinas técnicas e práticas com gestão de segurança.

Um dos coordenadores da especialização, professor Dr. Ricardo de Oliveira Schmidt, destaca o corpo docente do curso, formado por professores reconhecidos nacional e internacionalmente na área de segurança e privacidade, vindos de países como Holanda e EUA, referências nas áreas de Redes de Computadores e Segurança da Informação. “Integram a formação Emerson Wendt, delegado de Polícia Civil do RS e coordenador da cadeira de Inteligência Policial na Academia de Polícia Civil do RS (ACADEPO); Evandro Dalla Vecchia, perito criminal na área de computação e local de crime no Instituto-Geral de Perícias/RS; e Guilherme Damasio Goulart, doutor em Direito com foco em LGPD, advogado e consultor em Direito da Tecnologia e Segurança da Informação”, comenta.

Mercado de trabalho em expansão
Segundo Ricardo, a segurança da informação e privacidade de dados nunca esteve tanto em alta no mercado de trabalho como está hoje em dia. “O mercado busca cada vez mais por profissionais com capacidade técnica, que auxiliem as empresas a estruturar suas respectivas estratégias de segurança, dado a quantidade de problemas existentes atualmente, seja através de ataques ou até mesmo por falhas de programação/estruturação de solução, ocasionando, por exemplo, vazamento de dados e muitas perdas para a empresa”, relata.

Ainda de acordo com o docente, além do conhecimento técnico, a gestão de segurança está com muita demanda, dada a necessidade (e escassez) desse tipo de profissional para que as empresas possam se enquadrar e adequar as normas e diretrizes da nova Lei Geral de Proteção de Dados. “Nossa especialização tem um excelente rol de disciplinas e docentes, com um mix entre técnica e gestão, para preparar e aperfeiçoar os profissionais desse exigente nicho na área de Tecnologia da Informação (TI)”, menciona Ricardo.

Quem pode fazer o curso
Estão convidados a ingressar na especialização profissionais que atuam nas áreas de Tecnologia da Informação, Infraestrutura de TI, Redes de Computadores, Gestão de TI, além de profissionais formados em outras áreas com alguma experiência em informática.

Graduados em Ciência da Computação, Engenharia de Computação, Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Sistemas de Informação e demais cursos superiores da área de informática e quem possui interesse em Informática, Redes de Computadores, Segurança da Informação, Privacidade e Tecnologia da Informação também são o público-alvo do curso.

Funcionamento das aulas
As aulas iniciam no dia 16 de outubro, sendo síncronas remotas quinzenais aos sábados e uma sexta-feira à noite por mês, com momentos presenciais, durante o período de 16 meses. As atividades acontecerão por meio do Ensino Híbrido, que é uma moderna modalidade de educação capaz de unir o melhor dos dois mundos: a flexibilidade do ensino remoto e a riqueza de experiências da educação presencial com o auxílio de tecnologias de inovação para melhores resultados.

Investimento e informações
A Especialização em Gestão de Segurança da Informação e Privacidade Digital tem como custo da matrícula R$ 95,10. A formação ainda possui 16 parcelas de R$ 469,16. Outros detalhes podem ser obtidos nesta página.