Extensão

Projeto da UPF é aprovado em programa do Ministério da Saúde

15/06/2022

15:29

Por: Assessoria de Imprensa

Fotos: Arquivo

A Universidade de Passo Fundo (UPF) teve um projeto aprovado no Programa de Educação pelo Trabalho para a Saúde (PET-Saúde), do Ministério da Saúde. A iniciativa é voltada para o fortalecimento de atividades que envolvem o ensino, a pesquisa, a extensão universitária e a participação social. Dos 142 projetos contemplados, o “Pet-Saúde gestão e assistência: uma formação viva em ato”, desenvolvido pela UPF, ficou classificado em 30º lugar. 

A proposta tem como objetivo desenvolver o fortalecimento da rede de atenção à saúde de Passo Fundo, por meio de ações de educação e assistência, a partir da formação interprofissional, com base nos indicadores evidenciados pelos programas Previne Brasil e Saúde na Escola. “Na prática, existirão cinco grupos tutoriais, compostos por professores, preceptores e estudantes bolsistas que irão desenvolver diferentes tipos de ações para qualificar a saúde da população nos territórios identificados pela Secretaria de Saúde. Os grupos se encontrarão semanalmente nos territórios para desenvolver ações de promoção, educação e assistência à saúde, planejar junto com as equipes de saúde e com a gestão da secretaria para promover saúde nesses locais”, explica Marina Lazaretto, assessora acadêmica da Vice-Reitoria de Graduação da UPF.

O Programa de Educação pelo Trabalho está na 10ª edição e faz parte de um rol de ações que buscam reorientar a formação em saúde, a partir da perspectiva interprofissional, da articulação entre ensino, serviço, gestão e comunidade e do aprendizado através do Sistema Único de Saúde. “Iniciativas como essa fortalecem os movimentos institucionais que vem sendo realizados na UPF, a partir das reformas curriculares e da articulação entre ensino, pesquisa e extensão”, destaca Marina.

O edital para seleção dos bolsistas interessados em participar do projeto será divulgado em breve.