Notícias UPF

Live “Cinco Revoluções Científicas” marca os 40 anos dos cursos de Química

  • Por: Assessoria de Imprensa
  • Fotos: Divulgação

Para comemorar os 40 anos dos cursos de Química da Universidade de Passo Fundo (UPF), ocorreu, no dia 24 de junho, a live “Cinco Revoluções Científicas”, ministrada pelo professor Dr. Attico Chassot. O evento marcou o encerramento da Semana do Químico e contou com a presença de professores, acadêmicos e egressos dos cursos de Química da UPF, além de participantes de outras instituições de ensino de todo o país. 

Em sua palestra o professor Chassot apresentou as principais revoluções científicas que marcaram nosso tempo chamando a atenção para a mudança de paradigma por meio dessas revoluções no decorrer da história, dando a entender que a Ciência é um constructo humano em constante evolução e aprimoramentos. Entre as revoluções citada por ele, está a mudança do geocentrismo para o heliocentrismo, uma nova compreensão da combustão a partir da queda da teoria do flogisto; o evolucionismo; a psicanálise; e, por fim, a in-disciplina, como um novo momento para se pensar a Ciência, enxergando-a para dentro de si mesma, mas também junto às demais áreas do saber e também no sentido de negação de olhar somente por si mesma. 

Chassot destacou ainda que a Ciência é apenas mais um dos óculos pelo qual pode-se ver o mundo, mas sendo necessário considerar os outros também, como o da religião. “Dentro de propostas trazidas, em que parecem ser exigências: ser curiosa/ser curioso, assumir posturas indisciplinares, ter a paz como propósito e cuidarmos de nossa casa comum como cada uma e cada um de nós vai fazer a diferença... enquanto mulheres e homens envolvidos neste (re)encontro para confabulações catalisadas pelas celebrações dos 40 anos dos cursos de Química da UPF nestes tempos de (d)esperanças, quais são os nossos propósitos para colaborarmos para a construção de um mundo melhor e mais justo?”, pontuou. 

Durante a live, o coordenador da área de Química, professor Dr. Ademar Antonio Lauxen fez um resgate histórico dos cursos de Química da UPF, destacando a importância dos cursos para a consolidação da área na Universidade e dos inúmeros profissionais formados e que hoje atuam na região e em todo o mundo, até mesmo na França e na Alemanha, tendo assim a aprovação até mesmo em nível internacional.

Também acompanhando a atividade, o diretor do Instituto de Ciências Exatas e Geociências (Icge) professor Dr. Luiz Marcelo Darroz parabenizou pela trajetória dos 40 anos dos cursos de Química na UPF, integrando às comemorações do ICEG que também neste ano completa 50 anos.

Os coordenadores dos cursos, responsáveis pela organização do evento, agradeceram a presença de todos destacando esse momento ímpar como marco dos 40 anos da Química UPF.