Notícias UPF

Curso de Química promove formação continuada para professores e acadêmicos da área de Ciências da Natureza

  • Por: Assessoria de Imprensa
  • Fotos: Divulgação

A curiosidade, interdisciplinaridade e a contextualização relacionadas à experimentação no Ensino de Ciências da Natureza estiveram em pauta, no dia 8 de novembro, durante o curso de extensão "Experimentação no ensino de Ciências/Química", promovido pelo curso de Química da Universidade de Passo Fundo (UPF). A formação foi ministrada pelos professores Me. Ana Paula Härter Vaniel, Me. Bruna Carminatti, Dr. Lairton Tres e Dra. Yara Patricia da Silva, docentes dos cursos de Química Licenciatura e Bacharelado da UPF.

Estiveram envolvidos com as propostas da atividade professores da rede pública e privada de ensino e acadêmicos dos cursos de Química, Física e Ciências Biológicas. Durante a programação, eles realizaram diferentes atividades experimentais investigativas com materiais alternativos, visando discutir os conceitos envolvidos e sua aplicabilidade no ambiente escolar, de modo a promover a alfabetização científica por meio da contextualização de conceitos da área das Ciências da Natureza e agregar qualidade ao ensino das disciplinas dessa área. De acordo com o professor Dr. Lairton Tres, coordenador do curso de Licenciatura em Química, um dos diferenciais da formação foi seu caráter predominantemente prático, considerando a realidade escolar, e sem deixar de lado as teorias relacionadas ao ensino de Ciências.

Para Josiane Lisboa Leite, professora de Química da rede pública estadual, o curso contribuiu para a discussão de ideias construídas através de hipóteses e dificuldades presentes no ensino de Química dentro das salas de aula. “Isso possibilitou a ampliação dos conhecimentos já construídos em outros momentos e, nesse curso, proporcionou um maior entendimento e a articulação entre teoria e prática", comentou.
 
Segundo a coordenadora da atividade, professora Me. Bruna Carminatti, o encontro atingiu plenamente os objetivos, proporcionando discussões acerca da realização de atividades experimentais numa perspectiva investigativa, considerando a contextualização, que ela considera importante. “Para isso, utilizamos materiais de fácil acesso, pensando também nas escolas que ainda não têm laboratórios. Com iniciativas como essa, a Universidade – por meio do curso de Química – demonstra seu compromisso com a formação continuada dos docentes da área das Ciências da Natureza, que atuam na Educação Básica", disse.

Novas edições serão ofertadas nos próximos semestres, fortalecendo o vínculo da instituição e do curso de Licenciatura em Química com as escolas, professores e acadêmicos das licenciaturas.