Notícias UPF

Curso de Engenharia Civil celebra 30 anos com gincana comemorativa

  • Por: Assessoria de Imprensa
  • Fotos: Divulgação

Celebrar uma história marcada pelo conhecimento e dedicação foi o objetivo da I Gincana do curso de Engenharia Civil da Universidade de Passo Fundo (UPF), curso que já formou mais de mil de alunos e que a cada momento se reinventa, agregando novos participantes para construção de novas histórias. 

No dia 8 de junho, ocorreu o encerramento da gincana, uma das atividades promovidas em alusão aos 30 anos do curso. Durante o evento, que ocorreu ao longo de todo o dia, com desafios realizados no Campus I da UPF e na Associação dos Professores da Universidade, 98 estudantes divididos em sete equipes participaram de diversos desafios, como a corrida com carrinhos de rolimã, torneio de truco, dança das laranjas, corrida do saco, corrida do ovo, corrida com carrinho de mão, corrida com saco de cimento, torneio de futebol e vôlei, show de talentos entre outras atividades. A equipe vencedora foi a Inércia Polar Gelada, com 1530 pontos, seguida das esquipes Senhora do Destino e Vintilitros, com 1310 e 1250 pontos, respectivamente. 

Conforme a coordenadora da gincana, professora Me. Eliara Riasyk Porto, o início o desafio se deu ainda no mês de abril e a ação integrou estudantes, egressos, professores e funcionários do curso de Engenharia Civil. “Promovemos a gincana com o objetivo de integrar a todos e comemorar a história do curso de Engenharia Civil da UPF. O encerramento do desafio fechou com chave de ouro as atividades, que movimentaram não somente o curso, mas também a comunidade, pois realizamos atividades que envolveram doação de sangue, alimentos, roupas e brinquedos, além de desafios associando teoria e prática, o que permitiu que promovêssemos  o ensino e a formação humana do acadêmico”, disse. 

Entre as atividades que envolveram a comunidade, a doação de sangue e a arrecadação de alimentos e roupas beneficiaram muitas pessoas, promovendo o exercício da solidariedade dos estudantes. “Foi importante mostrar que pequenas ações podem fazer a diferença na vida de muitas pessoas, e, ao promover esses desafios, muitos estudantes fazem um exercício de empatia, se colocando no lugar de pessoas que necessitam dessas doações”, destacou Eliara. 


Confira o resultado final da I Gincana da Engenharia Civil: 

Equipe Inércia Polar Gelada – 1530 pontos
Equipe Senhora do Destino – 1310 pontos
Equipe Vintilitros – 1250 pontos
Equipe Minha Casa Minha Vida – 1090 pontos
Equipe Onde já civil? – 1050 pontos
Equipe Estaca Raiz – 910 pontos
Equipe Viga Real – 800 pontos