Notícias UPF

UPF é representada em congresso brasileiro de patologia veterinária

  • Por: Assessoria de Imprensa
  • Fotos: Divulgação/UPF

Agregando conhecimentos em patologia veterinária, a Universidade de Passo Fundo (UPF) está representada no evento de maior importância na área, o 5° Congresso Brasileiro de Patologia Veterinária (XIX ENAPAVE). A representação se dá por meio do Laboratório de Patologia Animal (LPA) do Curso de Medicina Veterinária da Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária (FAMV), com a participação da preceptora da Residência Integrada Profissional em Medicina Veterinária, na área de Patologia Veterinária, Mestre em Bioexperimentação e egressa da UPF, Tanise Policarpo Machado. O evento iniciou no dia 15 de julho e encerra nesta quinta-feira, dia 18 de julho, na cidade de Ribeirão Preto, em São Paulo.

O congresso ocorre a cada dois anos e proporciona conhecimento na área de Anatomia Patológica Veterinária e em Patologia Clínica Veterinária, contribuindo para a formação profissional em Medicina Veterinária, de acadêmicos e profissionais, além de promover atualização aos Médicos Veterinários Patologistas, com palestras de profissionais renomados a nível nacional e internacional. No evento, são abordados diversos temas com ênfase em diagnóstico de doenças de animais de companhia, animais de produção e animais selvagens.

Além disso, o evento inclui o XIX Simpósio da C L Davis Foundation sobre Patologia de Equinos, Mini-cursos de Dermatopatologia de Cães e Gatos, Ornitopatologia, Patologia de Animais Selvagens e Hematologia de Felinos. Ainda, ocorrem a apresentação de pôsteres e Fórum de Lâminas. Nessa edição do evento, os resumos serão publicados no Brazilian Journal of Veterinary Pathology, uma revista brasileira a área de patologia veterinária.

Apresentação de trabalhos

Durante o congresso, estão sendo apresentados os trabalhos “Fungal rhinitis in a dog”, que trata sobre rinite fúngica em um cão e o resumo “Death caused by air pressure rifle's projectile in a dog”, que trata sobre morte canina causada por projétil de rifle de pressão de ar. Os estudos foram realizados em coautoria de pós-graduandos da Residência, do Mestrado em Bioexperimentação da UPF, de egressos da UPF e da professora Dra. Adriana Costa da Motta, responsável pelo Laboratório de Patologia Animal.

Laboratório de Patologia Animal

O Laboratório de Patologia Animal atua na área diagnóstica em patologia veterinária atendendo ao ensino de graduação e a pós-graduação, além da prestação de serviços à comunidade local e regional na realização de necropsias em animais de companhia, animais de produção e animais silvestres; exames histopatológicos, provenientes de órgãos coletados em necropsias, em abatedouros, e em biópsias; e oferece, ainda, exames toxicológicos.