Notícias UPF

UPF e APAE de Casca promovem exposição virtual sobre o autismo

  • Por: Assessoria de Imprensa
  • Fotos: Divulgação

Estudantes do curso de Direito organizaram exposição que é divulgada nas redes sociais da UPF Casca e dos acadêmicos

O curso de Direito da UPF Casca, em parceria com a APAE do município, promove até este sábado, dia 17 de outubro, uma exposição virtual sobre o autismo. O objetivo da atividade é compreender o Transtorno do Espectro Autista (TEA), bem como conscientizar a comunidade sobre a importância e a necessidade da inclusão social dos autistas.

Acadêmicos do curso de Direito criaram exposição virtual sobre autismo

A exposição foi organizada e publicada pelos acadêmicos do nível VI do curso de Direito, sob a orientação da professora Me. Nadya Tonial, em parceria com a Apae de Casca. “Essas atividades do eixo da transversalidade, além de contribuírem para uma sólida formação jurídica, também promovem uma formação humanística dos acadêmicos. O estudo e a exposição realizados proporcionam o crescimento como ser humano na sua integralidade e estimulam a formação de comportamentos que respeitem as diferenças”, disse a professora Nadya.

A diretora da APAE de Casca, professora Maira Scheffer, explica que quando se fala em TEA, está sendo referido sobre o Transtorno do Espectro Autista. “Espectro porque não há uma generalização, ou seja, cada um com diagnóstico de TEA apresenta-se com características semelhantes, interesses diferentes e individualidades marcantes. Por isso, quando falamos ‘entrar no mundo deles’, não significa que vivam em um mundo diferente do nosso, apenas que possuem formas diferentes de perceber esse mundo e interagir nele e com ele. Entrar no seu mundo, significa conhecer sobre o TEA, para compreender as formas como se relacionam e interagem essas pessoas, criando laços e espaços que nos façam perceber o quanto ainda precisamos aprender sobre quem são essas pessoas, vendo-as, primeiramente como pessoas. O Transtorno é só um detalhe”, destacou Maira.

A exposição acontece nas redes sociais dos acadêmicos e da UPF Casca, onde, a cada dia, são abordados temas referentes ao autismo. “Participar da atividade foi muito gratificante, pois tivemos a oportunidade de refletir sobre a importância da conscientização sobre o autismo, inclusão social e igualdade entre todos. As pesquisas sobre o Transtorno do Espectro Autista foram muito importantes, pois nos proporcionaram maior conhecimento sobre essa realidade”, contou a acadêmica Bárbara Vitória Vanzo.