Notícias UPF

O maior prêmio para a maior de todas as aventuras

  • Por: Assessoria de Imprensa
  • Fotos: Reprodução

Núcleo Experimental de Jornalismo da UPF é o vencedor do 32º SET Universitário promovido pela PUC/RS

Promovido pela Escola de Comunicação, Artes e Design (Famecos) da PUC/RS desde 1988, o SET Universitário é o evento mais reconhecido do Brasil para estudantes de comunicação, design e cinema. Em sua 32ª edição, o evento premiou, na noite dessa quarta-feira (18), os trabalhos vencedores. O Núcleo Experimental de Jornalismo (Nexjor), da Faculdade de Artes e Comunicação da Universidade de Passo Fundo (FAC/UPF), foi o vencedor na categoria Projeto Jornalístico Multimídia, com a produção do trabalho “A maior de todas as aventuras – Especial Nexjor: 50 anos do pouso na Lua”.

O SET Universitário premia trabalhos de graduação de universidades do Brasil e do exterior, e é uma das principais premiações acadêmicas do país. Este ano, os estudantes puderam inscrever trabalhos desenvolvidos em disciplinas e feitos em laboratórios ou estágios de dentro da instituição de ensino em 28 categorias, nas áreas de Jornalismo, Publicidade e Propaganda, Relações Públicas, Cinema e Audiovisual e Design. 

De acordo com a professora Me. Nadja Hartmann, coordenadora do Nexjor, do interior do estado, a UPF foi a única instituição premiada na área do Jornalismo.  “A abrangência do prêmio – que contou com dezenas de trabalhos inscritos de instituições de todo o país – e o fato de termos vencido justamente em uma das categorias de maior destaque hoje no ensino do Jornalismo já seriam motivo de muito orgulho para nós do Núcleo Experimental de Jornalismo. Porém, esse prêmio teve um significado ainda mais especial, porque foi resultado de um trabalho que efetivamente envolveu toda a equipe do Núcleo, e não apenas alguns integrantes, e penso que isso é o mais importante do ponto de vista didático-pedagógico”, pontuou, destacando que o feito reforça nos acadêmicos a importância de trabalhar em equipe, e o quanto a soma de esforços pode fazer a diferença no resultado do trabalho. 

Ela explica que o especial multimídia "A maior de todas as aventuras - 50 anos do pouso na lua" surgiu a partir de uma ideia do jornalista Marcus Freitas, funcionário do Nexjor, e foi executado pelos estagiários, sob a orientação dos professores do Núcleo. No entanto, ela ressalta que a conquista não é apenas do grupo. “O prêmio é também de todos os professores do curso de Jornalismo da Faculdade, que garantem a excelência na formação dos estagiários envolvidos, assim como a coordenação do curso e da direção da unidade, através do apoio e incentivo das professoras Me. Maria Joana Chaise e Dra. Bibiana De Paula Friderichs, respectivamente”, considerou.

Para Nadja, só o fato de os acadêmicos terem a iniciativa de se inscrever em uma premiação da importância do SET Universitário já é uma demonstração do quanto eles acreditam e valorizam a formação que estão recebendo na Universidade. Mais do que isso, ela destaca que essa é uma prova de que é possível sonhar grande. 

Nesse sentido, todos os professores do curso incentivam a participação, não só em premiações como essa, mas também em outros eventos, como congressos e fóruns. A professora lembra que essa é a segunda vez que o curso de Jornalismo é premiado no SET Universitário. Em 2017, duas alunas conquistaram o primeiro lugar na categoria Jornalismo Digital - Projeto Multimídia. “Do ponto de vista acadêmico, o prêmio representa um grande estímulo não só para os estagiários diretamente envolvidos na elaboração do conteúdo do especial, mas para todos os alunos do curso. Além disso, a conquista de um prêmio nacional reforça a visibilidade e o prestígio do curso, representando um aval de nossa excelência acadêmica na formação de futuros jornalistas”, concluiu.

Na opinião da coordenadora do curso de Jornalismo, professora Maria Joana Chaise, em tempos onde a convergência jornalística se traduz em um fenômeno importante, ganhar um prêmio na categoria Projeto Jornalístico Multimídia é extremamente recompensador. “Demonstra que estamos formando, entre nossos alunos, jornalistas capazes de projetar e implementar projetos cujas linguagens convergem e atraem a atenção dos leitores, a partir de conteúdos relevantes”, reforçou.

O projeto vencedor do 32° SET Universitário

O Nexjor ganhou na categoria de Projeto Jornalístico Multimídia com a produção A maior de todas as aventuras - Especial Nexjor: 50 anos do pouso da Lua.
A premiação aconteceu no dia 18 de setembro, na PUCRS, e premiou as principais produções jornalísticas do estado. 

Confira aqui o especial.