Pesquisa e Inovação

Nos EUA, professora da UPF realiza atividades de ensino e pesquisa

22/09/2022

13:07

Por: Assessoria de Imprensa

Fotos: Arquivo pessoal

Ao desenvolver o projeto de pesquisa “Tolerância a dano de materiais restauradores odontológicos”, a professora Dra. Márcia Borba, docente do curso de Odontologia e do Programa de Pós-Graduação em Odontologia da UPF, firmou parcerias que permitem a ampliação das ações. Em recente viagem aos EUA, ela esteve visitando a Universidade da Pensilvânia (UPenn), na Filadélfia, onde conta com a colaboração do professor Dr. Yu Zhang, docente da UPenn. 

A professora lembra que a parceria com o Dr. Yu Zhang teve início durante o estágio pós-doutoral realizado na Universidade de Nova Iorque (NYU). Segundo a docente, após a finalização do estágio, os dois pesquisadores planejaram um novo projeto de colaboração, que foi submetido e aprovado no Edital Fapergs/Capes - Programa de Internacionalização da Pós-graduação no RS. “Este edital prevê visitas (missões) às universidades para intercâmbio de professores e alunos. A primeira visita ocorreu em março de 2020, quando o professor Yu Zhang ainda estava na NYU. A segunda visita, agora em setembro, foi na nova instituição de ensino do pesquisador, na UPenn. Durante a visita foram realizadas atividades de pesquisa, envolvendo coleta de dados, discussão de resultados, redação de artigos e planejamento de novos projetos”, relatou Márcia.

De acordo com ela, a colaboração internacional qualifica tanto o ensino como a pesquisa da UPF, além de proporcionar oportunidade de intercâmbio para os alunos. Ao pontuar que o PPGOdonto alcançou, recentemente, o conceito 5, da Capes, ela destacou ainda que a internacionalização é um ponto muito importante nos processos de avaliação. “A evolução do Curso de Odontologia e do PPGOdonto nos indicadores nacionais e internacionais é reflexo da dedicação dos docentes em manter e criar novas parcerias com as universidades, participar de eventos, desenvolver pesquisas e publicar artigos de alto impacto científico”, salientou.