Notícias UPF

Aplicativo e game incentivam a doação de sangue

  • Por: Assessoria de Imprensa
  • Fotos: Natália Fávero

Produtos digitais foram lançados no Dia Nacional do Doador de Sangue, 25 de novembro, e já estão disponíveis para a comunidade acessar

A Universidade de Passo Fundo (UPF), em parceria com o Serviço de Hemoterapia do Hospital São Vicente de Paulo (HSVP), lançou um aplicativo e um game para incentivar as pessoas a doarem sangue. A atividade ocorreu neste Dia Nacional do Doador de Sangue, 25 de novembro, no Serviço de Hemoterapia do HSVP.

Um dos produtos digitais é o aplicativo Chatbot, do Serviço de Hemoterapia. O projeto foi desenvolvido pelo acadêmico do curso de Ciência da Computação da UPF Mateus Klein Roman, como trabalho final de graduação. O aplicativo simula uma conversa humana e responde ao usuário as perguntas programadas mais frequentes em relação à doação de sangue. “São cerca de trinta perguntas elaboradas em conjunto com o Serviço de Hemoterapia do hospital. São perguntas como quem pode doar sangue, como doar, quais são as etapas, local e contatos do Serviço de Hemoterapia, por exemplo. Funciona pelo celular, via sistema Android e IOS”, explicou o acadêmico, que, como bolsista do Grupo de pesquisa SIN (Sistemas Interativos e de Informação) da UPF, já desenvolveu outros projetos na área da saúde envolvendo temas como pressão arterial e diabetes.

O aplicativo tem como objetivo facilitar o acesso à informação e incentivar à doação de sangue. “O projeto iniciou a partir de uma parceria entre o hospital e a UPF e tem caráter interdisciplinar envolvendo profissionais da saúde e da computação para gerar um mecanismo de comunicação que facilite a compreensão de potenciais doadores de sangue sobre como doar, requisitos, entre outras informações”, salientou a professora do curso de Ciência da Computação da UPF, Dra. Ana Carolina Bertoletti de Marchi, orientadora do acadêmico Mateus. 

Como acessar o aplicativo
Android e IOS: Com o Google Assistente baixado e configurado no celular, o usuário deve falar: “Ok Google” “Falar com Hemoterapia HSVP”. Depois desses dois comandos de voz, aparecerá o Chatbot e o usuário poderá interagir com o aplicativo.

Livro virou game
O outro produto lançado no evento é um game, desenvolvido a partir do livro “O superpoder real”, criado pelos alunos da Medicina da UPF do programa de extensão ComSaúde. O game foi idealizado pelo secretário de Educação de Passo Fundo, Edemilson Brandão; pelo Serviço de Hemoterapia e pela Academia Passo-Fundense de Letras. 

O game é destinado às crianças do Centro Oncológico Infantojuvenil do HSVP e aos estudantes das escolas municipais da educação infantil e ensino fundamental. “Esse projeto é a complementação de um trabalho que estamos fazendo com as escolas municipais para que as crianças incentivem seus pais e familiares a doarem sangue. É um joguinho no qual eles podem brincar e aprender sobre a doação. Animamos e damos vida aos personagens do livro e criamos estratégias didáticas. As crianças também poderão fazer pesquisa com os familiares. É um material criado no programa PowerPoint, que deverá ser disseminado nas escolas”, explicou o secretário de Educação.

O game abrange várias didáticas, desde caça-palavras até completar frases sobre o tema. O livro “O superpoder real”, que inspirou o game, contou com a participação da acadêmica de Medicina Débora Cristina Schuh, responsável pela criação do texto, e do também estudante de Medicina Ighor Prodlik Laimer, que fez as ilustrações da obra. “Fiz a história com o propósito de entrar com essa temática nas escolas. Não é fácil explicar para as crianças pequenas a importância da doação de sangue. Um dos personagens é o super Hemozito, que explica o ciclo da doação e enfatiza que o procedimento é seguro tanto para quem faz quanto para quem recebe a doação de sangue”, comentou a acadêmica Débora.

O lançamento
O evento de lançamento foi realizado no hall do Serviço de Hemoterapia do HSVP e contou com a presença de diversas pessoas envolvidas com o projeto e autoridades, como o vice-prefeito de Passo Fundo, João Pedro Nunes; o vereador Saul Spinelli; o presidente do HSVP, José Miguel Rodrigues da Silva; e a coordenadora do projeto Doação de Sangue do Programa ComSaúde da UPF e responsável técnica do Serviço de Hemoterapia do HSVP, Me. Cristiane da Silva Rodrigues de Araújo. A atividade contou ainda com parabéns e um bolo em alusão ao Dia Nacional do Doador de Sangue.