Notícias UPF

Ciência e solidariedade: redes que se articulam na defesa à vida

  • Por: Assessoria de Imprensa
  • Fotos: Divulgação

Profissionais somam esforços e produzem protetores faciais em 3D para auxiliar no enfrentamento do coronavírus

O mundo foi surpreendido pela pandemia da Covid-19, que vem causando diversos impactos na vida cotidiana da população mundial. Mas junto com o coronavírus, uma onda de solidariedade se criou, integrando pessoas, instituições, entidades e empresas para o enfrentamento da doença.

A Universidade de Passo Fundo (UPF) recebeu solicitação, por meio da Secretaria de Inovação, Ciência e Tecnologia do Governo do Estado, para integrar ações de apoio e combate à pandemia. Dessa forma, o Grupo de Apoio e Combate ao Coronavírus da UPF vem apoiando demandas que chegam não somente da Secretaria, mas por meio do Comitê local. Uma das ações em que funcionários e professores da Universidade estão atuando é no grupo “Todos pela Saúde”.

O grupo foi criado nesta semana pelo engenheiro mecânico e proprietário da Tudo3d Prototipagem, Jean Carlos Ferron e pelo aposentado, Gilmar Santana. “Eu e o Gilmar nos encontramos no grupo de Porto Alegre Brothers and Sisters in Arms, que é uma iniciativa do Pacto Alegre. Esse grupo faz parte do Projeto Higia Brasil, que tem por objetivo fabricar e distribuir face Shields a hospitais de várias cidades. Acabamos nos achando por acaso no grupo, postando informações de Passo Fundo e decidimos criar o grupo para juntar mais entusiastas da impressão 3D para ajudar na produção. Com isso, o grupo foi tomando proporções maiores ”, contou.

O professor Dr. Luiz Eduardo Schardong Spalding fez a mediação entre o grupo e a Universidade. “Recebi o convite e percebi a magnitude desse grupo e imediatamente conectei eles à UPF. A Reitoria prontamente cedeu engenheiros do Núcleo de Fabricação Mecânica e da Conecta UPF para que pudesse facilitar as ações. O objetivo, inicialmente, era a fabricação desses protetores faciais transparentes, já que no momento havia um grande apelo, que indicavam a falta desses materiais para atendimento aos pacientes”, explicou o professor Spalding.

O grupo está articulado com demais ações no estado. Com isso, a impressão 3D dos protetores faciais transparentes é o mesmo que vem sendo utilizado em outras cidades. “A UPF, por sua cultura e caráter comunitário, se mistura com a sociedade na resolução desses problemas. A UPF abriu novos caminhos para conseguir materiais, fornecedores e logística, inclusive reunir as impressoras da própria Universidade para que fiquem a disposição para produção”, explicou o coordenador executivo da Rede Conecta UPF, Me. Giezi Schneider.

O uso destes protetores faciais transparentes é de extrema importância para os profissionais de saúde que estão atuando na linha de frente no combate ao Coronavírus. A Organização Mundial de Saúde (OMS) alerta para o uso e recomenda para utilização racional de máscaras para evitar o desperdício desnecessário.

Diante da necessidade que profissionais da saúde têm para utilização do material, o grupo está produzindo os protetores faciais transparentes e devem distribuir gratuitamente no Hospital Beneficente Dr. César Santos, Hospital de Clínicas e algumas secretarias de saúde e hospitais da região que necessitarem. “Esse gesto, de envolver várias frentes de trabalho, é apenas o agradecimento pelo esforço que a saúde vai fazer por todos nos dias que estão por vir. Também poder mostrar a todos que com um pouco de boa vontade podemos fazer a diferença. Como disse Ayrton Senna, 'na adversidade alguns desistem, enquanto outros batem recordes' e somos assim nesse grupo. Como disse anteriormente, fico feliz em saber que vamos trazer resultados para a sociedade, ajudando os profissionais da saúde nessa árdua batalha que está por vir”, destacou Ferron.

Doações
O grupo está precisando de doações de acetatos, policarbonatos ou Petg cristal de 0,5mm para a confecção das viseiras, elástico para prender na cabeça e filamento PLA para impressão dos arcos. Doações de recursos também podem ajudar no custeio de deslocamentos com entregas e outras despesas do processo de montagem dos EPIs.

UPF atua em diferentes frentes
Somando forças ao poder público e as instituições de saúde, a UPF cumpre seu papel comunitário por meio de diversas ações de prevenção e combate à doença. Saiba mais acessando www.upf.br/coronavirus.

Confira algumas imagens da produção: