Notícias UPF

UPF reforça cuidados com higiene e limpeza do Campus para receber estudantes

  • Por: Assessoria de Imprensa
  • Fotos: Silvia Brugnera

Desde a última semana, Instituição vem desenvolvendo protocolos seguindo orientações dos órgãos de saúde para garantir a segurança da comunidade acadêmica

Desde o início do retorno gradual das atividades acadêmicas presenciais, a Universidade de Passo Fundo (UPF) vem reforçando protocolos e seguindo orientações de órgãos de saúde e do próprio Centro de Operação e Emergência em Saúde para a Educação (COE-E) para garantir a segurança da comunidade acadêmica, que retornou as atividades presenciais, neste período de conclusão do semestre letivo. A primeira medida adotada pela Instituição foi a readequação dos espaços para receber professores e estudantes. Agora, o foco é o reforço nos protocolos de higienização e limpeza dos espaços de convivência.

De acordo com a gestora dos setores de Logística e Serviços e de Limpeza, Francieli Kuntz, a maior atenção em relação a higienização está em tudo que esteja ao alcance das mãos, como mesas, bancadas, corrimãos e interruptores de luz, por exemplo. “Tudo que está disponível ao nosso tato é o que está sendo higienizado com maior frequência. Não é necessariamente uma limpeza mais pesada, mas é uma limpeza mais frequente”, explicou. No caso das estações individuais de trabalho, a limpeza é feita pelo próprio funcionário, evitando que outras pessoas tenham contato com seus objetos de trabalhando e reduzindo o risco de contaminação.

Outro cuidado adotado neste período é o de evitar o compartilhamento de objetos. A utilização de térmicas de chá e café, assim como o chimarrão, estão suspensos, para evitar qualquer risco de contaminação cruzada. Além dessas medidas, o setor também passou a realizar a desinfecção das paradas de ônibus e das ruas principais do Campus I com pulverizadores. Essa desinfecção ocorrerá duas vezes por semana.

Para garantir uma melhor fiscalização na frequência dessas novas medidas, o setor colocou ainda placas de higienização em espaços como os banheiros. Segundo Franciele, as placas informam a frequência da limpeza e tudo que está sendo feito nesse período.

Retorno seguro
Entre as medidas adotadas pela Universidade para garantir o retorno seguro, estão a instalação de dispensers de álcool gel em todo o entorno de onde vão ocorrer as aulas, o reforço na desinfecção de ambientes, a demarcação de piso com distanciamento de 1,5 metro nas áreas comuns e a restrição do número de pessoas por ambiente. Também foram adquiridos Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para garantir a segurança dos estudantes, conforme a natureza das atividades a serem desenvolvidas em cada curso.

Dentro das unidades acadêmicas, foram, ainda, definidos fluxos de entrada, saída e permanência dos prédios, para evitar o contra fluxo e a possibilidade do não cumprimento do distanciamento seguro. As salas de aula também foram readequadas de modo que os estudantes possam se acomodar nas carteiras, respeitando esse distanciamento.

Outra medida adotada neste retorno gradual é a aferição de temperatura de todas as pessoas que acessam o Campus da Instituição. Além disso, o uso de máscara facial é obrigatório em todos os ambientes, seguindo as orientações dos órgãos de saúde.

Orientações
Para colocar em prática todas as medidas que devem ser adotadas neste momento, a Universidade desenvolveu uma cartilha com orientações à comunidade acadêmica para controle e prevenção da Covid-19. O documento regra, entre outros temas, cuidados de higiene, distanciamentos necessários, usos de espaços da instituição, assim como fatores individuais e coletivos e informações sobre a doença. Para acessar a cartilha, clique aqui

Todas as orientações à comunidade acadêmica relacionadas à Covid-19 também podem ser consultadas no site www.upf.br/coronavirus.