Notícias UPF

Epistemologia feminista é tema de oficina no Projur Mulher e Diversidade

  • Por: Assessoria de Imprensa
  • Fotos: Divulgação

O projeto de extensão Projur Mulher e Diversidade, da Universidade de Passo Fundo (UPF), promoveu, na tarde desta segunda-feira, dia 25 de março, a oficina “Epistemologia feminista e o olhar da vitimologia crítica”. Ministrada pela professora Dra. Marília Denardin Budó, da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), a atividade reuniu as equipes do Projur, da Casa da Mulher e da Emater, além dos acadêmicos que se candidataram a vagas de estágio no Projur Mulher e Diversidade e no Mediajur. A oficina ocorreu na sala 15 do Campus III da UPF. 

Em sua fala, Marília falou sobre a epistemologia feminista e o papel dela no estudo de vitimização. “Sobretudo a percepção da mulher enquanto pessoa vitimizada, não só individualmente pelo seu companheiro, mas também por uma estrutura patriarcal que ainda vigora nas relações sociais, nos mais diversos lugares de onde vivemos, não apenas no lar, mas também dentro da universidade, na esfera política, no judiciário e assim por diante”, explicou a palestrante. A oficina é mais uma das atividades que integra a programação dos 15 anos do Projur Mulher e Diversidade. 

Palestra
Nesta quinta-feira, dia 28 de março, o programa também promove uma palestra com o tema “Criminologia Queer”. O assunto será abordado pelo professor Dr. Renato Duro, às 21h, no anfiteatro da Faculdade de Direito.