Linhas de pesquisa e projetos

A área de concentração “Letras, Leitura e Produção Discursiva” está ancorada no perfil e na trajetória do PPGL, tendo o objetivo de promover estudos e investigações que propiciem o aprofundamento teórico-metodológico com epistemologias variadas que repercutam nos campos dos estudos do texto e do discurso, da leitura e formação do leitor, da produção e recepção do texto literário. Tais campos, caracterizados pela interdisciplinaridade, consistem na significativa relação entre estudos linguísticos e estudos literários. Assim, a interdisciplinaridade dessa área pressupõe convergência e complementaridade, o que significa, de um lado, a transferência de conceitos teóricos e metodológicos e, de outro, a combinação de diferentes linhas teóricas na compreensão ampla da natureza e do funcionamento da linguagem humana.

O PPGL é composto pelas seguintes linhas de pesquisa:

1- Constituição e interpretação do texto e do discurso

Estudo de procedimentos de constituição e de interpretação do texto e do discurso com base em diferentes teorias da enunciação e do discurso. Caracteriza-se pela prevalência do ponto de vista interdisciplinar, visto que os estudos sobre texto e discurso distinguem-se pela variedade de enfoques teóricos oriundos de diferentes concepções de linguagem. Dentre elas, destacam-se as concepções dialógica, sócio-histórica, enunciativa, sociointeracionista e argumentativa. Nesse sentido, o texto é estudado do ponto de vista da organização estrutural, da enunciação e dos seus efeitos sobre o enunciado. Os estudos realizados nessa linha visam tanto à produção do conhecimento quanto à sua divulgação, aplicadas ao ensino de leitura e produção de textos.

2- Leitura e formação do leitor

Desempenha papel unificador no PPGL e estuda os processos de leitura de textos verbais e não verbais, de formação do leitor e do professor-leitor e da transformação dos mecanismos de interação entre leitor e texto diante de diferentes suportes. Essa constituição, estabelecida na pluralidade e complexidade da leitura, implica uma abordagem transdisciplinar, na qual são atuantes tanto os estudos literários quanto os estudos linguísticos. Da literatura, a linha incorpora os estudos sobre a elaboração e a interpretação das obras literárias, nos gêneros literários clássicos, atualizados e reatualizados, criativamente, em múltiplos suportes e linguagens; dos estudos linguísticos, observa a linguagem como unidade de atualização do sistema linguístico e como canal múltiplo de interação.

3- Produção e recepção do texto literário

Estudo das condições de produção e recepção do texto literário, focalizando o processo de criação e de interpretação da obra literária e examinando a atividade da crítica literária nesse sistema. Considera o conceito de instituição literária postulado por Julia Kristeva, em que se destacam dois aspectos: o da própria literatura, a prática da escrita e o fato de esta inserir-se num código que consiste em transpor, a partir de certo número de imposições, uma experiência imaginária ou real; e aquele configurado pelas margens da prática literária, como as revistas, os júris, a academia, tudo o que consagra a experiência literária e lhe dá uma possibilidade de chegar ao público.