Notícias UPF

O conhecimento técnico e científico na área das Engenharias

  • Por: Assessoria de Imprensa
  • Fotos: Gelsoli Casagrande

Mercado de trabalho em crescente expansão reflete a importância do engenheiro nos processos mais complexos. Na UPF, diversas áreas da Engenharia são contempladas, com cursos reconhecidos e estrutura que garante ampla formação profissional

O engenheiro é o profissional treinado para resolver problemas, que tem visão ampla e conhece todos os detalhes e processos por trás de uma estrutura complexa e, além disso, é capaz de apresentar soluções práticas, pautadas no conhecimento técnico e científico. Pesquisas recentes mostram a escassez de engenheiros no Brasil e em todo o mundo. 

No Brasil, o crescimento econômico recente tem aquecido o mercado de trabalho das engenharias, e a previsão é de que esse quadro se acentue, sobretudo nas áreas de telecomunicações, automação industrial e geração de energia, aspectos contemplados no curso de engenharia que são ofertados pela Universidade de Passo Fundo, por meio da Faculdade de Engenharia e Arquitetura (Fear).

Criada há mais de 40 anos, a Fear é hoje um centro de desenvolvimento de pesquisas e prestação de serviços à comunidade. Oferece aos seus acadêmicos uma completa infraestrutura que permite o exercício da prática desde o início da graduação. A infraestrutura compreende mais de trinta laboratórios, o Centro Tecnológico da Engenharia Civil, Ambiental e Arquitetura (Cetec), o Núcleo de Tecnologia Mecânica, o Núcleo de Manutenção Eletroeletrônica e o Núcleo de Arquitetura e Desenvolvimento Urbano e Comunitário (Naduc). O Centro de Pesquisa em Alimentação (Cepa) também oferece diversos serviços, além de disponibilizar laboratórios para a prática acadêmica.

Conheça os cursos de Engenharia disponíveis na UPF:

Engenharia Ambiental e Sanitária
Entre os melhores do Rio Grande do Sul está o curso de Engenharia Ambiental e Sanitária. O curso conta com diversos laboratórios ligados às engenharias, com equipamentos de última geração e tem seu currículo baseado nas áreas de tecnologia e gestão ambiental e voltado à prevenção e ao controle dos passivos ambientais. O engenheiro ambiental é um profissional de formação generalista, que atua no planejamento, na gestão ambiental e na engenharia e tecnologia ambiental. Atua, também, nos aspectos do relacionamento homem e meio ambiente e de seus efeitos na cultura, no desenvolvimento socioeconômico e na qualidade de vida. Coordena e supervisiona equipes de trabalho, realiza estudos de viabilidade técnico-econômica, executa e fiscaliza obras e serviços técnicos e efetua vistorias, perícias e avaliações, emitindo laudos e pareceres, além de desenvolver atividades de pesquisa.

Engenharia Civil
O curso de Engenharia Civil conta com 17 laboratórios e a infraestrutura do Centro Tecnológico de Engenharia Civil, Ambiental e Arquitetura (Cetec), onde os acadêmicos podem aplicar os conhecimentos adquiridos e participar de atividades extracurriculares, como projetos de iniciação científica. O engenheiro civil egresso da UPF chega ao mercado de trabalho com uma sólida formação técnico-científica e profissional nas áreas de construção civil, geotecnia, estruturas, hidráulica e saneamento, infraestrutura de transportes e gerenciamento. O profissional está apto a absorver e desenvolver novas tecnologias, atuando de forma crítica e criativa na solução de problemas e com condições de considerar cada questão em seus aspectos políticos, econômicos, sociais, ambientais e culturais, com visão ética e humanística, em atendimento às demandas da sociedade.

Engenharia de Alimentos
Com uma infraestrutura composta por laboratórios de alta qualidade, com destaque para o Centro de Pesquisa em Alimentação (Cepa), o curso de Engenharia de Alimentos oportuniza uma elevada inserção dos egressos no mercado de trabalho, atuando nas diferentes áreas de produção de alimentos. As indústrias da região de Passo Fundo possibilitam boas oportunidades para atuação profissional e para estágios. No cenário nacional, o mercado do trabalho também está em expansão, sobretudo na área de controle de processos, desenvolvimento de novos produtos, controle de qualidade, planejamento de projeto industrial e fiscalização de alimentos. O engenheiro de alimentos atua ao longo de toda a cadeia produtiva, sendo as principais áreas de atuação: produção, desenvolvimento de produtos e controle de qualidade.

Engenharia de Computação
Com uma estrutura curricular que estimula a inovação e a integração entre sistemas de computação e equipamentos eletrônicos, o curso de Engenharia de Computação da UPF atua de modo integrado com o mercado de trabalho, por intermédio direto com as empresas dos setores de tecnologia da informação, agricultura, metal-mecânica e saúde. O engenheiro de computação formado pela UPF será preparado para atender demandas regionais, nacionais e internacionais que envolvam o desenvolvimento de software e hardware para agricultura de precisão, automação industrial, automação comercial, robótica e equipamentos para saúde. O profissional estará apto a contribuir na solução de problemas que necessitem o desenvolvimento de sistemas de computação, buscando o equilíbrio e a integração entre hardware e software, gerando produtos de eletrônica de consumo, de comunicações e de automação.

Engenharia de Produção
O curso de Engenharia da Produção oferece formação sólida nas áreas de engenharia de operações e processo, logística, qualidade, engenharia de produto, engenharia econômica, sustentabilidade, criação de novos produtos, otimização e simulação, além de proporcionar uma formação multidisciplinar, por meio da estrutura oferecida pela UPF. O engenheiro de produção graduado pela UPF é competente para elaborar o projeto, a modelagem, a implantação, a operação, a manutenção e a melhoria de sistemas produtivos integrados de bens e serviços, envolvendo homens, recursos financeiros e materiais, tecnologia, informação e energia. Ainda, é capacitado para especificar, prever e avaliar os resultados obtidos desses sistemas para a sociedade e o meio ambiente, recorrendo a conhecimentos especializados da matemática, da física, das ciências humanas e sociais, juntamente com os princípios e métodos de análise e projeto da engenharia.

Engenharia Elétrica
Um curso com 25 anos de existência, que alia a tradição com a inovação. Assim é o curo de Engenharia Elétrica da UPF, formação com ênfase em eletrônica e linhas de especificidade em eletrônica e telecomunicações e em mecatrônica. A formação se dá com sólida base de experimentação laboratorial e com domínio dos conceitos e teorias fundamentais da engenharia elétrica. O engenheiro eletricista egresso da UPF está apto a trabalhar com flexibilidade em sua área técnica ou administrativa e tem condições de ponderar sobre aspectos econômicos, sociais e ambientais. O curso destina 30% do tempo às aulas práticas, que são estimuladas desde o primeiro semestre.

Engenharia Mecânica 
Os engenheiros mecânicos encontram oportunidades profissionais nos setores de máquinas e implementos agrícolas e de estruturas metálicas, que são áreas impulsionadas por grandes projetos, novos mercados e diversificação das suas áreas de atuação. Além disso, podem atuar nos ramos ligados às indústrias de alimentos e eletrônica, bem como da indústria petroquímica, extração e transformação de minérios, indústrias automobilística e naval e até mesmo à fabricação de aeronaves, que apresentam carência de engenheiros mecânicos. O egresso da UPF está apto a trabalhar no desenvolvimento de projetos de equipamentos industriais; na gestão da produção industrial; na otimização dos processos de fabricação; na seleção e no melhoramento dos materiais. Além disso, o profissional poderá atuar no controle dimensional e geométrico dos componentes e órgãos de máquinas, na automação e robótica e na gestão da manutenção de quaisquer equipamentos.

Engenharia Química
O mercado de trabalho regional na área da Engenharia Química volta-se para as áreas de energias renováveis (biocombustíveis, produção de bioetanol a partir de biomassa local, como farelo de soja e aveia), para a extração de óleos vegetais (soja, sorgo, aveia) e para a produção de ração animal. Há espaço nas indústrias de tintas prediais e automotivas (máquinas agrícolas), nas indústrias têxtil, de cosméticos e higiene pessoal, assim como nas indústrias de tratamento de superfícies metálicas e não metálicas. Os profissionais também podem atuar nas indústrias de transformação dos polímeros, de gemas e joias, de erva-mate, frigoríficas e em laticínios, bem como nas indústrias farmacêuticas e de medicamentos. O egresso da Engenharia Química da UPF terá uma sólida formação técnica e científica que abrange os conhecimentos necessários para utilização de novas tecnologias e desenvolvimento de produtos e processos de forma ética e sustentável. Terá a capacidade de atuar em equipes inter e multidisciplinares, em empresas públicas ou privadas, conhecendo o contexto regional e nacional, visando ao desenvolvimento socioeconômico e ao benefício da sociedade.

Vestibular UPF
Todos os cursos de Engenharia estão com inscrições abertas no Vestibular de Verão da UPF. A UPF está com inscrições abertas para ingresso em cursos de graduação na modalidade presencial no primeiro semestre de 2018. Nesta edição, estão sendo oferecidos 58 opções de cursos em Passo Fundo e cursos nos campi Carazinho, Casca, Lagoa Vermelha, Sarandi e Soledade. 

A inscrição deve ser feita pelo site vestibular.upf.br, até o dia 13 de novembro. A prova, que acontece no dia 18 de novembro.