Notícias UPF

Música que converge no palco

  • Por: Assessoria de Imprensa
  • Fotos: Camila Guedes e Lucas Santos/Nexjor

Recital do curso de Música da UPF ocorreu na noite dessa terça-feira, dia 27 de novembro, levando ao palco as melhores composições desenvolvidas pelos acadêmicos ao longo do ano

Diferentes instrumentos e repertórios foram apresentados no palco do Teatro Municipal Múcio de Castro na noite dessa terça-feira, 27 de novembro, pelo curso de Música da Universidade de Passo Fundo (UPF), durante o recital que marcou o encerramento das atividades do ano de 2018. Ao todo, cerca de 40 acadêmicos de todos os níveis dos cursos de licenciatura e bacharelado, sob a coordenação dos professores, apresentaram obras representativas dos repertórios de violão, percussão, flauta, canto e piano, com músicas desde natureza erudita até popular brasileira. O recital também contou com a participação dos grupos artísticos da UPF, como o Grupo de Choro, o Grupo de Música Brasileira e Jazz, o Grupo de Percussão, a Orquestra de Câmara e o Coro Vocalise. A reitora da UPF, professora Dra. Bernadete Maria Dalmolin, acompanhou a atividade.

O recital é resultado de um trabalho que é desenvolvido ao longo de todo o ano. De acordo com o coordenador do curso de Música, professor Me. Alexandre Saggiorato, os estudantes produzem um repertório nas disciplinas do curso e o recital é a conclusão desse trabalho. “Nós escolhemos as melhores composições para mostrar para a comunidade. Por isso, a grande variedade de instrumentos e de repertórios”, explicou. O recital é o maior evento do curso e, para o professor, realizá-lo em um espaço da comunidade é uma oportunidade de sair da Universidade e mostrar o trabalho que é desenvolvido no curso para a comunidade de uma forma maior. “Estar aqui, apresentando música de alta qualidade, é sempre um diferencial, não é em qualquer lugar e em qualquer momento que eles podem pegar um violão e tocar uma peça de um compositor erudito”, ressaltou Saggiorato. 

Na opinião da diretora da Faculdade de Artes e Comunicação (FAC), professora Dra. Bibiana De Paula Friderichs, o recital tem vários elementos significativos que mostram o papel que a unidade acredita que deva desempenhar em Passo Fundo e região, que é ser um polo agregador e produtor de cultura. “A cereja do bolo é poder trazer isso para a comunidade, nesse momento no centro da cidade, em um espaço como o Múcio, que é um espaço para receber arte. E poder fazer arte no espaço da arte para a comunidade é a melhor coisa que a FAC poderia fazer nesse momento”, destacou. Ainda segundo a diretora, o recital também mostra a convergência dentro da unidade com o envolvimento dos outros cursos na sua execução. “Todo ele é um trabalho convergente dos cursos da unidade, que, de alguma forma, no mundo contemporâneo fora da universidade, estão o tempo todo convergindo, e a gente conseguiu trazer isso para dentro do Campus. E a gente acha que esses laços podem se estreitar ainda mais”, completou. 

Arte do som
Um dos exemplos dessa convergência pode ser visto durante o recital. Enquanto a música tocava em cima do palco, na frente dele os acadêmicos do curso de Artes Visuais Maicon Ribeiro e Manuel Tesut produziam desenhos a partir do que ouviam. Ao mesmo tempo, os desenhos eram projetados em um painel colocado sobre o palco, atrás dos músicos. A intervenção artística, intitulada Arte do Som, foi coordenada pela professora Me. Fabiana Beltrami. “É uma experimentação mesmo, artística e musical, para os acadêmicos terem essa experiência, e para mim também, como professora de artes nas disciplinas de videoarte e linguagem audiovisual. É interessante ter essa experimentação enquanto se está ouvindo música, são duas artes em comunicação”, pontuou. 

Programação de recitais
Desde a semana passada, o curso de Música vem apresentando uma série de recitais. Ao todo, serão oito. A próxima apresentação ocorre na sexta-feira, dia 30 de novembro, com o recital da disciplina de Prática de Conjunto, às 20h50min, no átrio da FAC. Já no dia 4 de dezembro, ocorre o recital do curso de Música – Bacharelado em Canto, com a apresentação do acadêmico Eduardo dos Santos. A atividade inicia às 19h30min, no auditório da Biblioteca Central da UPF.

Ainda, o tradicional Concerto de Natal da UPF, que reúne o curso de Música e os grupos artísticos da Instituição, está marcado para o dia 13 de dezembro, às 20 horas, na Catedral Metropolitana Nossa Senhora Aparecida. 

Encerrando a programação, acontece, no dia 14 de dezembro, o recital de formatura do acadêmico Marcos Antônio Casanova Júnior, do curso de Música – Bacharelado em Violão. A atividade inicia às 20 horas, no auditório da Biblioteca Central da UPF.

Toda as apresentações são gratuitas e abertas à comunidade.