Sobre nós

Modelo Green Office


O Green Office é um movimento acadêmico global que visa conectar e inspirar alunos e funcionários de instituições de ensino superior, mobilizando suporte institucional para apoiar projetos e iniciativas de sustentabilidade. Ao contrário de iniciativas tradicionais, que tendem a depender majoritariamente da atuação de funcionários e professores, o Green Office empodera alunos para liderar projetos voltados à sustentabilidade na instituição. Em 2019, o modelo passou a fazer parte do Students Organizing for Sustainability (SOS). Ele está disponível gratuitamente sob uma licença Creative Commons.

Histórico


O primeiro Green Office foi estabelecido em 2010, na Universidade de Maastricht, na Holanda, como um departamento de sustentabilidade administrado por estudantes. Desde então, o modelo se espalhou para mais de 50 instituições de ensino superior em vários países, sobretudo na Europa. Hoje, o movimento já possui 65 escritórios distribuídos em 11 países, majoritariamente europeus, e é reconhecido como um dos vencedores do Prêmio UNESCO-Japão de Educação para o Desenvolvimento Sustentável. Uma história dos 10 anos do Movimento Green Office pode ser vista aqui (em inglês).

Projeto Climate-U


Na Universidade de Passo Fundo, a proposta de implementação de Green Office é um resultado prático da Pesquisa Ação-Participativa do Climate-U. O Climate-U - Transformando Universidades para as Mudanças Climáticas é um projeto de pesquisa que visa explorar o papel que as universidades podem desempenhar na abordagem da crise climática em seus territórios e como sua contribuição pode ser impulsionada. O projeto é financiado pelo UK Research and Innovation, órgão britânico de suporte à pesquisa, como parte do Global Challenges Research Fund, que apoia pesquisas para enfrentar os desafios vivenciados nos países em desenvolvimento. A universidade líder do projeto é a University College London (UCL). No Brasil, a Universidade de Passo Fundo (UPF) foi convidada a coordenar o projeto, que envolve também a Universidade de São Paulo (USP) e a Universidade Federal do Pará (UFPA).

INSCREVA-SE