A Universidade

Apresentação

A UPF, com 49 anos de história, tem suas ações norteadas e sustentadas por quatro pilares: ensino, pesquisa, extensão e inovação tecnológica. Nessas quase cinco décadas, formou mais de 75 mil profissionais.

A tradição da UPF e a qualidade do ensino oferecido tornam a Instituição referência em educação superior no Rio Grande do Sul e na região Sul do Brasil.

Esse reconhecimento é resultado das boas avaliações recebidas tanto do Ministério da Educação (MEC) quanto de órgãos que promovem avaliações não oficiais, como o jornal Folha de São Paulo e a Editora Abril.

Os indicadores listados abaixo são resultantes do trabalho sério e comprometido desempenhado por toda a comunidade acadêmica desde 1968.

Entre as melhores do estado e do Brasil

Dentre as melhores instituições de ensino superior do estado do Rio Grande do Sul está a UPF, conforme dados apontados no Ranking Universitário da Folha (RUF 2017). A UPF figura entre as principais instituições privadas no estado, em 16ª posição entre as privadas do Brasil e em 73º lugar geral entre públicas e privadas em todo o país.

O RUF é elaborado anualmente pela Folha de São Paulo, desde 2012, e avalia os principais cursos das maiores universidades brasileiras. Em 2017, foram avaliadas 195 instituições. O ranking classifica as universidades a partir de indicadores de pesquisa, inovação, internacionalização, ensino e mercado.

Foram classificadas cada uma das 40 carreiras com mais ingressantes no país, avaliadas no ensino e no mercado de trabalho. Da UPF, foram, em 2017, 35 cursos avaliados. Medicina Veterinária aparece em primeiro, como o melhor curso entre as privadas do estado. No ranking, Agronomia aparece em segunda colocação e Geografia, Medicina, Odontologia, Pedagogia e Química em terceiro lugar entre as privadas do Rio Grande do Sul.

O acesso aos dados pode ser feito no site ruf.folha.uol.com.br/2017.

 

Selo de Qualidade OAB Recomenda

A qualidade curso de Direito da Universidade de Passo Fundo (UPF), que possui quase 60 anos de história, foi reconhecida em nível nacional através do Selo de Qualidade OAB Recomenda. A premiação está em sua quinta edição e confere selo de qualidade às Instituições de Ensino Superior em Direito que cooperam para melhorar a qualidade do ensino jurídico no Brasil. 

56 cursos estrelados - Guia do Estudante 2017

A UPF tem 56 cursos de graduação estrelados pelo Guia do Estudante da Editora Abril, edição de 2017. O curso de História da UPF obteve conceito 5, nota máxima. Outros 13 cursos foram reconhecidos com conceito 4 e também ganham destaque na avaliação. Dos 56 cursos da UPF, 39 são do campus Passo Fundo, os demais são dos campi: três de Carazinho, três de Casca, quatro de Lagoa Vermelha, três de Sarandi e quatro de Soledade.

Guia do Estudante

A avaliação de cursos do Guia do Estudante está em sua 24ª edição. Para chegar aos cursos estrelados, a pesquisa segue alguns passos: atualização dos dados das instituições; definição dos cursos que serão avaliados; preenchimento do formulário com informações específicas de cada curso; e pesquisa de opinião com os pareceristas (especialistas que dão as notas aos cursos. Cada um recebe notas de, no mínimo, seis pareceristas).

Faculdade de Medicina – conceito máximo no Enade

Referência na formação de profissionais, o curso se destaca em avaliações oficiais há vários anos. Em 2013,  o curso de Medicina da UPF teve mais uma vez sua qualidade educativa reconhecida pelo MEC. O conceito cinco, resultado máximo na avaliação do Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade),  representa a tradição e a excelência do  curso de Medicina da UPF e coloca a graduação entre os melhores do país.

O Enade é aplicado e gerenciado pelo Ministério da Educação (MEC-INEP) e tem como objetivo aferir o desempenho dos estudantes em relação aos conteúdos programáticos previstos nas diretrizes curriculares do respectivo curso de graduação e de dimensionar habilidades e competências em sua formação.

Cursos acreditados e reconhecidos no Mercosul

Atenta à questão da internacionalização e da mobilidade estudantil e docente, a UPF já tem três cursos acreditados pelo Sistema de Acreditação Regional de Cursos de Graduação do Mercosul (Arcu-Sul). A implementação do Sistema foi possibilitada por um acordo entre os ministérios de Educação de Argentina, Brasil, Paraguai, Uruguai, Bolívia, Chile, Colômbia e Venezuela.

O reconhecimento é resultado de um processo de avaliação por meio do qual é certificada a qualidade acadêmica dos cursos de graduação, estabelecendo que as graduações satisfazem o perfil do graduado e os critérios de qualidade previamente aprovados no âmbito regional. A acreditação tem validade por seis anos.

Cursos acreditados da UPF

Na UPF, as primeiras visitas ocorreram em 2012. O primeiro curso acreditado foi o de Agronomia (acreditação 94405); em seguida, foram acreditados os cursos de Arquitetura e Urbanismo (acreditação 94419), Engenharia Civil (acreditação 96912), Engenharia de Alimentos (acreditação 96911) e Engenharia Mecânica (acreditação 96913).

Programa Marca

Um dos resultados de ter cursos acreditados é que a Instituição pode integrar o Programa de Mobilidade Acadêmica Regional em Cursos Acreditados (Marca). A iniciativa do governo federal ocorre com a participação de universidades conveniadas dos países membros e associados ao Mercosul.

Autorização para ensino a distância

Outra importante conquista da UPF foi o credenciamento da Instituição para a oferta de cursos na modalidade a distância (EAD), ocorrida em 2013. O primeiro curso de graduação na modalidade foi o Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Tecnologia de Informação, que, por ocasião da visita in loco para autorização, obteve conceito máximo 5 (numa escala de 1 a 5).

Tradição e Responsabilidade Social reconhecidas

A UPF também recebeu nos últimos anos importantes prêmios:

  • Medalha Responsabilidade Social, concedido pela Assembleia Legislativa;
  • Prêmio de Responsabilidade Social concedido pela Assembleia Legislativa;
  • 6º Prêmio de Responsabilidade Social, promovido pelo Sindicato do Ensino Privado Sinepe/RS;
  • Santander Universidades: Prêmio Guia do Estudante – Destaques do Ano 2013 – Categoria Autoavaliação Institucional pelo projeto Planejamento Estratégico como Ferramenta de Autoavaliação e de Gestão, do curso de Engenharia de Alimentos, da UPF.

Convênios para intercâmbio internacional

Ciente de que a mobilidade tanto de acadêmicos quanto de docentes é fundamental para desenvolver e ampliar os conhecimentos da comunidade acadêmica, a UPF tem convênios internacionais firmados, possibilitando a acadêmicos e professores intercâmbio em 59 universidades de 18 países.

Diferenciais no ensino, na pesquisa e na extensão

Ensino em sintonia com o mercado de trabalho nos 60 cursos de graduação: a Instituição oferece a possibilidade de continuação dos estudos e, para isso, mantém atualmente 57 cursos de especialização em andamento, 15 mestrados, seis doutorados e nove estágios pós-doutorais.

Professores qualificados: mais de 79% do corpo docente tem mestrado e/ou doutorado.

Programas federais: a Instituição participa de vários programas federais que qualificam a formação dos acadêmicos, concedem bolsas aos estudantes e prestam importantes serviços à comunidade. São exemplos o Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (Pibid), o Programa Nacional de Reorientação da Formação Profissional em Saúde (Pró-Saúde), o Programa de Educação pelo Trabalho para a Saúde (PET-Saúde) e o Plano Nacional de Formação dos Professores da Educação Básica (Parfor).

Infraestrutura de excelência preparada para receber os estudantes: rede de bibliotecas, bibliotecas virtuais, laboratórios em todas as áreas do conhecimento, museus, clínicas, anfiteatros e auditórios, salas de ensino prático experimental, ginásios poliesportivos, salas de exposição, emissora de televisão universitária, emissoras de rádio, editora, centro de línguas, centro de convivência, e uma ampla área verde. Aqui, o ensino vai além da sala de aula!