Tudo sobre o Senid

O Seminário Internacional de Cultura Digital nasce do interior do Grupo de Pesquisa em Cultura Digital na Educação e dos Programas de Pós-Graduação em Educação e em Ensino de Ciências em Matemática, ambos da Universidade de Passo Fundo. Conta com o envolvimento de instituições de ensino superior do Brasil e estrangeiras, Sociedade Brasileira da Computação, Governo do Estado do Rio Grande do Sul e Prefeitura Municipal de Passo Fundo. É destinado a estudantes, pesquisadores e profissionais da educação interessados em discutir a temática da Inclusão Digital e os desdobramentos da Cultura Digital sobre os processos educativos formais ou não e, neste ano em específico, sobre as possibilidades do Ensino Híbrido. Seu objetivo é divulgar a produção científica e experiências realizadas no Brasil e no exterior nas áreas de tecnologias e metodologias de inclusão e cultura digital na educação.


Em 2021 será realizado de 26 a 28 de maio, e dará continuidade ao espaço de compartilhamento de experiências que o VI Senid criou ao contabilizar um total de 5.210 participantes inscritos formalmente, representando mais de 80 Instituições de Ensino Superior localizadas em 10 estados brasileiros, além de participações de pessoas de 9 países diferentes. Para tanto, manterá seu formato 100% online. Oferece eventos e atividades paralelas abertas e gratuitas a estudantes de licenciatura, de informática e a professores dos distintos níveis de ensino, o que possibilitou que, em 2020, o Senid tenha contemplado mais de 73.986 pessoas por meio dos 210 vídeos disponibilizados no Youtube (https://www.youtube.com/c/SENIDUPF) e 52.109 pessoas por intermédio de 290 vídeos disponibilizados no Facebook (https://www.facebook.com/senid.upf). A temática norteadora dos Seminários Nacionais é “Cultura Digital na Educação”. Em 2021, dada a demanda imposta pela pandemia, o Senid proporá um conjunto de atividades que versarão sobre o “Ensino Híbrido e suas possibilidades”. Por fim, foi possível constatar em 2020 que existe uma grande lacuna na educação com relação a modelos educacionais híbridos, suas tecnologias e metodologias. Desta forma, o VII Seminário Internacional de Cultura Digital busca, para além da divulgação de trabalhos científicos que tratem das diferentes perspectivas de abordagem do Ensino Híbrido, criar um ambiente de construção de competências e habilidades necessárias para educar no século XXI e para o enfrentamento do pós-pandemia na educação! 

Objetivo geral: 

  • Divulgar a produção científica e experiências realizadas em âmbito nacional e internacional sobre tecnologias e metodologias de suporte ao Ensino Híbrido em um contexto de Cultura Digital.

Objetivos específicos: 

  • Criar um espaço privilegiado de discussão de experiências e socialização de conhecimentos gerados na área de Cultura Digital no Brasil e no exterior;
  • Criar um espaço privilegiado de discussão de experiências e socialização de conhecimentos gerados na área de Ensino Híbrido no Brasil e no exterior;
  • Estabelecer parcerias, fomentar ações e contribuir para a socialização do conhecimento gerado e para o aprimoramento de processos de inclusão digital;
  • Criar espaços de aperfeiçoamento dos processos de formação de professores da educação básica na área de informática educativa e Ensino Híbrido;
  • Mobilizar alunos de pós-graduação, licenciaturas e professores da educação básica em torno das discussões referentes e decorrentes dos processos de informatização do ensino.