Exposições

Oliver, o espetáculo continua
Exposição do Leão Oliver que viveu no Zoológico da UPF e hoje encontra-se taxidermizado no Muzar. Conta sua trajetória de vida e discute a relação que o ser humano tem com os animais exóticos.

Rio Passo Fundo: patrimônio paisagístico, natural e ambiental
A exposição “Rio Passo Fundo: patrimônio paisagístico, natural e ambiental” no Museu Zoobotânico Augusto Ruschi (Muzar), contempla uma imersão no território da Bacia Hidrográfica do Rio Passo Fundo e o estudo da interação humana com a paisagem. Por meio de maquetes, jogos, audiovisuais, acervo biológico e oficinas, os visitantes são instigados a refletir sobre as condições naturais e ambientais, envolvendo a água, a biodiversidade e o ambiente como um todo.

Essa exposição complementa as exposições do Museu de Artes Visuais Ruth Schneider e do Museu Histórico Regional, elaboradas através do Projeto Rio Passo Fundo: patrimônio paisagístico, natural, ambiental, histórico-cultural, econômico e político, que acontecem no Portal das Linguagens/Campus I da UPF. 

O Muzar também oferece oficinas de aproximadamente 30 minutos cada, que podem ser solicitadas pelas escolas, através do agendamento das visitas. Conforme temas e idades correspondentes: “Assoreamento? Quem é o culpado?” (livre); “Água: nascente, rio, lago, mar” (livre); “Comitê Estudantil da Água” (livre); “Como a água chega e sai das nossas casas? ” (6º ao 8º ano); “A água transmite doenças?” (5º ano do ensino fundamental até 3º ano do ensino médio); “A água sustenta a gente, quem sustenta a água?” (5º ano do ensino fundamental até 3º ano do ensino médio)”.

A exposição no Muzar podem ser visitadas de segunda a sexta-feira, das 7h45min às 11h45min e das 13h30min às 17h30min; e aos sábados e domingos, das 14h às 17h. É necessário o agendamento para grupos e escolas, bem como para quem desejar visitar no turno da noite. O agendamento deve ser feito pelo número (54) 3316-8316. A comunidade geral não precisa fazer agendamento.

Projeto Rio Passo Fundo
O projeto Rio Passo Fundo: patrimônio paisagístico, natural, ambiental, histórico-cultural, econômico e político está sendo desenvolvido pelo Museu de Artes Visuais Ruth Schneider (MAVRS), com o apoio do Museu Histórico Regional (MHR), do Museu Zoobotânico Augusto Ruschi (Muzar) ligados à Vice-Reitoria de Extensão e Assuntos Comunitários (VREAC) e ao Instituto de Ciências Biológicas, respectivamente, da Universidade de Passo Fundo, e do Comitê da bacia Hidrográfica do Rio Passo Fundo, patrocinado através do Programa CAIXA de Apoio ao Patrimônio Cultural Brasileiro 2017/2018 da Caixa Econômica Federal.

As exposições são resultado de atividades que iniciaram há um ano e meio e envolveram expedições, ações educativas, visitas a escolas, pesquisa e elaboração de conteúdo. 

Banco de Informações
O Projeto Rio Passo Fundo também disponibilizou a comunidade um banco de informações (dados) sobre os mais diversos temas relacionados a Bacia Hidrográfica do Rio Passo Fundo, que pode ser acessado pelo site www.upf.br/riopassofundo.