Notícias UPF

Saúde Jornalizada teve como tema o Dia da Consciência Negra

  • Por: Assessoria de Imprensa
  • Fotos: Julia Maziero Possa

Em reverência ao Dia da Consciência Negra, ocorrido na quarta-feira, 20 de novembro, o projeto “Saúde Jornalizada: a arte literária no HC” levou para os pacientes das salas de oncologia e da hemodiálise do Hospital de Clínicas de Passo Fundo poesias de escritoras negras. As poesias de Conceição Evaristo, Fátima Trinchão e Ryane Leão foram apresentadas e lidas pelos integrantes do projeto para os pacientes em tratamento. 

A ação é desenvolvida pelas Jornadas Literárias, em parceria com o Hospital de Clínicas, por meio do Núcleo de Apoio ao Paciente Onco-Hematológico (Napon), organizado pela Comissão de Suporte Oncológico e Programa de Residência Multiprofissional HC/UPF/SMS.

Conheça o texto “A Pele”, da escritora Fátima Trinchão, um dos poemas apresentados nesta edição do projeto:

Esta pele que me cobre,
Esta pele que me envolve
O corpo,
Esta pele que me marca
E me faz único
Em meio a tantos,
Esta pele que me define,
Manto de extrema
Leveza,
Como a noite
Repleta d’estrelas,
Cobre o mundo,
A terra inteira,
Pele preta
Preta pele,
Beleza que me acaricia.
Esta pele que me veste,
Em claro e sereno rito,
Esta pele que me encobre,
Manto de extrema grandeza
Esta pele que me marca,
Que me marca e me comove
Esta pele que me encobre
Como a noite a terra inteira
Em claro e profundo rito
Manto de extrema grandeza
É esta a pele que habito.