Notícias UPF

Campos Nativos é tema de exposição do Muzar

  • Por: Assessoria de Imprensa
  • Fotos: Natália Fávero

Exposição une contos e lendas do escritor João Simões Lopes Neto e o acervo do Muzar para abordar o tema

“Campos nativos: paisagens gaúchas com João Simões Lopes Neto” é tema da nova exposição do Museu Zoobotânico Augusto Ruschi (Muzar), vinculado ao Instituto de Ciências Biológicas da Universidade de Passo Fundo (ICB/UPF). A abertura da exposição aconteceu na noite de quinta-feira, 24 de agosto, e contou com a presença de alunos, professores e comunidade em geral. Ela estará aberta para visitação até maio de 2018, como uma exposição de longa duração, a qual será complementada com oficinas por meio da Sala Verde. A exposição também integra as comemorações dos 42 anos do Muzar, celebrado no dia 25 de agosto. 

A ação tem o propósito de interdisciplinarizar áreas do conhecimento biológico e geográfico com a literatura, e faz a reflexão sobre a conservação de campos nativos. A mostra já esteve presente na 30ª Feira do Livro de Passo Fundo e na 18ª Expodireto Cotrijal, e, agora, amplia a discussão junto à comunidade acadêmica e os visitantes do Muzar. “Analisamos a parte de pesquisa relacionada aos campos, tanto os campos nativos de Cima da Serra, da região do ecossistema de araucárias e dos campos do Pampa. Iniciamos esse trabalho na Feira do Livro do ano passado e buscamos um autor que pudesse contribuir com esse conhecimento”, revela a responsável técnica do Muzar, Flávia Biondo da Silva.

Partes das lendas e contos do escritor João Simões Lopes Neto são representadas com o acervo do Muzar. “Estamos inter-relacionando a biologia com a literatura, intercalando história e geografia. Queremos discutir a importância dos campos nativos levando em consideração a escrita de Simões, que traz uma descrição de paisagens muito significativa no final do século 19 e início do século 20”, comenta Flávia.

A abertura também contou com a presença da coordenadora do curso de Ciências Biológicas (L), professora Marta Vanise Bordignon, que representou, na solenidade, o Instituto de Ciências Biológicas (ICB).

Funcionamento do Museu

O Muzar atende de segunda-feira a sexta-feira, das 7h45min às 11h45min e das 13h30min às 17h30min. Nas terças e quintas-feiras, o local fica aberto até as 20h45min. Escolas interessadas em fazer o agendamento devem entrar em contato por meio do e-mail muzar@upf.br. Informações pelo telefone (54) 3316-8316.