Notícias UPF

Professora da UPF realiza estágio pós-doutoral na Universidade de Nova Iorque

  • Por: Assessoria de Imprensa
  • Fotos: Divulgação

A qualificação docente é uma preocupação permanente da Universidade de Passo Fundo (UPF). Por meio de projetos e programas, a Instituição permite que os professores busquem conhecimento no Brasil e no mundo. Seguindo esse caminho, a professora Dra. Márcia Borba, vinculada ao Programa de Pós-Graduação em Odontologia, realizou seu estágio pós-doutoral na Universidade de Nova Iorque.

A linha de pesquisa desenvolvida pela professora é a de Biomateriais, com enfoque principal em biomecânica e cerâmicas odontológicas. Por isso, para o seu estágio pós-doutoral, ela fez contato com o professor Dr. Yu Zhang, pesquisador reconhecido internacionalmente nessas áreas de pesquisa. Ela lembra que o Dr. Zhang é físico e tem doutorado em Engenharia e Ciência dos Materiais e atualmente é professor associado do Departamento de Biomateriais e Biomimética da Faculdade de Odontologia da Universidade de Nova Iorque (NYU, Nova Iorque, EUA).

 

Lá, ela pôde dar andamento ao trabalho já desenvolvido na UPF. Márcia explica que na área da prótese dental existe uma busca por materiais estéticos e resistentes para reabilitar os pacientes e as cerâmicas são uma ótima opção. Porém, as cerâmicas mais resistentes, à base de zircônia, são muito opacas, o que restringe seu uso clínico. Segundo ela, para resolver esse problema, estão sendo desenvolvidas cerâmicas à base de zircônia translucidas. “Nesse sentido, o objetivo da minha pesquisa na NYU foi caracterizar a microestrutura e o comportamento mecânico dessas novas cerâmicas translúcidas, a partir de diferentes metodologias como testes de fadiga, desgaste, tolerância à dano, análises de microscopia”, pontua.

Além disso, Márcia destaca que o Dr. Yu Zhang está trabalhando no desenvolvimento de uma nova cerâmica à base de zircônia com propriedades mecânicas e ópticas superiores e refere que, durante o seu período no exterior, conseguiu acompanhar as etapas para o desenvolvimento de um novo material e toda a metodologia de caracterização para embasar o seu uso clínico. 

Outro aspecto positivo do período do estágio foi a oportunidade de participar ativamente das atividades do grupo de pesquisa do professor Dr. Yu Zhang, eventos científicos da universidade, bem como orientação de alunos de iniciação científica e mestrado. “Esse período de estágio pós-doutoral contribuiu para aprofundar meu conhecimento na linha de pesquisa em biomateriais, bem como para ampliar minha área de atuação. Possibilitou meu aperfeiçoamento tanto na área de pesquisa quanto de ensino. Aumentou minha rede de colaboração com outros pesquisadores internacionais que também estavam na NYU”, ressalta.

Aproximação para gerar frutos
Marcia frisa que o principal objetivo do estágio foi fortalecer a colaboração entre a UPF e a NYU, por meio da parceria de pesquisa com o professor Dr. Yu Zhang. De acordo com ela, o projeto desenvolvido no exterior não foi completamente finalizado, em virtude de que, dele, surgiram subprojetos que serão realizados por docentes e discentes do PPGOdonto. 

Segundo a professora, existe a perspectiva de estágio sanduíche de doutorandos da UPF na NYU e intercâmbio de pesquisadores, além da continuidade das visitas à NYU para desenvolver projetos. Como ação já confirmada, em julho de 2019, o Dr. Yu Zhang fará uma visita ao PPGOdonto. No mesmo mês, o Programa organizará, pela primeira vez, a reunião anual do Grupo Brasileiro de Materiais Dentários (GBMD) em Passo Fundo e o Dr. Yu Zhang já está confirmado como palestrante. 

Para ela, o apoio da UPF na forma de Licença Pós-Graduação foi fundamental para a realização do estágio pós-doutoral. “Acredito que esse tipo de atividade acadêmica deve ser incentivado para todos os docentes dos programas de pós-graduação porque os benefícios para a UPF são muito grandes. O estágio pós-doutoral traz visibilidade internacional para a Instituição, abre as portas para novas colaborações, qualifica a nossa pesquisa e ensino”, finaliza.