Notícias UPF

Curso de Letras contará com professores nativos dos EUA a partir de 2020

  • Por: Assessoria de Imprensa
  • Fotos: Divulgação

O estudo de línguas destaca-se no mundo e não é diferente na Universidade de Passo Fundo (UPF). O projeto Metodologias Inovadoras para Potencialização do Ensino e do Uso do Inglês como Meio de Instrução foi aprovado pelo Programa Capes-Fulbright de Assistente de Ensino de Língua Inglesa (English Teaching Assistant – ETA - Edital Nº 16/2019). Para o desenvolvimento deste projeto, o curso de Letras contará com dois professores, nativos dos Estados Unidos, a partir de fevereiro de 2020. Os docentes  atuarão durante três anos na Instituição, até a finalização das atividades que constituem o projeto.

O projeto submetido pela professora do Programa de Pós-Graduação em Letras  (PPGL),  Dra. Luciane Sturm, envolve o planejamento de ações para potencializar o aprendizado da língua inglesa na graduação em Letras, qualificando a formação de professores nesse idioma.

Além disso, estão previstos o oferecimento de cursos de extensão para a capacitação e o aperfeiçoamento do corpo docente da UPF, para que disciplinas de todas a áreas sejam ministradas em inglês, ampliando estrategicamente o processo de internacionalização da UPF.

De acordo com a professora Dra. Gabriela Prym, coordenadora do curso de Letras, a aprovação é uma conquista. “A aprovação deste projeto põe a graduação em Letras UPF em evidência, corroborando com as últimas avaliações externas que apontam o Curso com um dos melhores do RS”, destacou.

Para a coordenadora do PPGL, professora Dra. Claudia Toldo, a aprovação do projeto traz grandes resultados. “Os reflexos para o Programa serão imensos; vários mestrandos e doutorandos já estão envolvidos diretamente nesse estudo, que poderá incorporar os ingressantes no PPGL a partir de 2020, agregando outras investigações. Além disso, teremos ações de pesquisa e de extensão, envolvendo nossos docentes, e isso contribuirá significativamente para a internacionalização do PPGL e da UPF, como um todo”, pontuou.

O projeto
De forma sintética, o projeto traz um estudo qualitativo, de natureza colaborativa, e tem como objetivo geral investigar a eficácia da inovação metodológica, na preparação de professores e de estudantes da graduação e de programas de pós-graduação, de diferentes áreas do conhecimento, visando ao uso do Inglês como Meio de Instrução (IMI, do inglês English as a Medium of Instruction - EMI).  As ações envolvem ensino, pesquisa e extensão com o propósito de oferecer o conhecimento da língua inglesa a um maior número de pessoas na Universidade de Passo Fundo, qualificando de forma significativa o ensino no curso de Letras, a aprendizagem dos acadêmicos e a integração entre graduação e pós-graduação na área de Letras.

Para conhecer o Programa English Teaching Assistant – ETA, basta acessar o site.