Notícias UPF

Mestranda do PPGBioexp palestra na Universidade Federal da Fronteira Sul

  • Por: Assessoria de Imprensa

A mestranda do Programa de Pós-Graduação em Bioexperimentação (PPGBioexp) da Universidade de Passo Fundo (UPF), médica patologista Josiane Borges Stolfo, também professora da UFFS, apresentou o seu trabalho de conclusão de mestrado durante o V Seminário de Ensino, Pesquisa e Extensão (Sepe) da UFFS. Intitulado “Densidade de vênulas de endotelio alto e expressão de pdl-1: relação com linfócitos tumorais infiltrantes em melanomas cutâneos primários”, o trabalho foi orientado pela professora Dra. Adriana Costa da Motta. A atividade ocorreu no dia 18 de outubro.

Segundo ela, tendo em vista o aumento da incidência dos casos de câncer de pele no Brasil e no mundo nas últimas décadas, especialmente o melanoma, o estudo realizado descreve características de dois possíveis biomarcadores, de prognóstico e terapêutica, nessa devastadora doença.  

Josiane explica que a densidade de Vênulas de Endotélio Alto (VEA), avaliada pelo marcador MECA-79, e a expressão do PD-L1, ambos analisados por imuno-histoquímica, apresentaram associação com características clínico-patológicas de melhor e pior prognóstico, respectivamente, em especial, com a presença de linfócitos tumorais infiltrantes, os quais são marcadores da resposta imune do hospedeiro frente à neoplasia. “Os resultados obtidos nesta pesquisa abrem perspectivas para futuros estudos com direcionamento terapêutico dos marcadores estudados, especificamente a imunoterapia e a terapia angiogênica, especialmente pelo melhor entendimento da biologia e do microambiente tumoral nessa doença”, ressalta a mestranda.

Josiane realizou a defesa da dissertação no dia 6 de agosto deste ano.