Notícias UPF

Vacina contra o HPV é oferecida pela UPF à comunidade acadêmica

  • Por: Assessoria de Imprensa
  • Fotos: Reprodução

Serviço é realizado pela Liga Acadêmica de Ginecologia, Obstetrícia e Sexologia (Lagos) da Faculdade de Medicina (FM)

A infecção pelo papiloma vírus humano (HPV) é considerada, atualmente, a doença sexualmente transmissível (DST) com maior prevalência em todo o mundo. Ela está associada ao câncer cervical que, depois do câncer de mama, é um dos principais responsáveis pelas mortes do sexo feminino. A população masculina é a principal responsável pela transmissão da infecção às mulheres, a ocorrer de forma sexual, uma vez que, diferente de outras DSTs, o HPV é transmitido mais facilmente do homem para a mulher. Além disso, os homens também são atingidos por cerca de dez mil casos de cânceres relacionados ao HPV (pênis, ânus, laringe, orofaringe e cavidade oral).

Nesse contexto, a Liga Acadêmica de Ginecologia, Obstetrícia e Sexologia (Lagos) da Faculdade de Medicina da Universidade de Passo Fundo (FM/UPF), em parceria com o laboratório MSD, lançou uma campanha contra o HPV. Além de trazer para os acadêmicos conhecimentos e atualizações sobre a doença, o contágio e a prevenção, a Lagos disponibiliza a todos os alunos, bem como aos seus familiares e amigos, vacinas quadrivalentes com desconto, que previnem infecções pelos dois tipos mais comuns presentes em neoplasias de colo de útero, o 16 e o 18, e infecções pelos tipos 6 e 11, responsáveis por 90% das verrugas na região genital e lesões em colo uterino de baixo risco.

Quem pode participar?
A vacinação está disponível para mulheres de 9 a 45 anos e homens de 9 a 26 anos, independentemente de já terem iniciado a sua vida sexual. Estima-se que, se houver vacinação completa da população, os casos de câncer cervical podem ser reduzidos em dois terços.

Interessados em se vacinar necessitam acessar o site lagoshpv.campanha.pro.br e seguir as orientações descritas. Será preciso preencher um cadastro com nome completo, CPF, e-mail e celular. Além disso, no campo “Dados do dependente”, pode-se incluir o nome de algum parente ou amigo que também queira se vacinar com o preço promocional. Após o cadastro, a clínica parceira que irá realizar as vacinas, a Imunocentro, receberá um e-mail com os dados do solicitante e entrará em contato para agendamento da vacina, que é feita em três doses: a inicial; a segunda, realizada dois meses após a primeira; e a terceira, seis meses após a primeira. Serão aceitos cadastros até o dia 15 de outubro.  A equipe da Lagos informa que, na área para cadastro, há o item “médico solicitante”, cujo preenchimento não é obrigatório.

Informações
Mais detalhes podem ser obtidos pelo e-mail lagos.upf@gmail.com ou pela página do Facebook Liga de Ginecologia, Obstetrícia e Sexologia – UPF. A Lagos é coordenada pela Dra. Silvane Nenê Portela.