Notícias UPF

UniverCidade Educadora e Inteligente foi apresentado em reunião na Câmara de Vereadores

  • Por: Assessoria de Imprensa

Atividade ocorreu na reunião do Fórum de Mobilidade e Educação, nesta terça-feira, 14 de maio

A reunião do Fórum de Mobilidade e Educação, que é uma das ações do projeto Circulando Cidadania, vinculado ao Programa UniverCidade Educadora da Vice-Reitoria de Extensão e Assuntos Comunitários da Universidade de Passo Fundo (UPF), foi realizada, nesta terça-feira, 14 de maio, no Plenário Sete de Agosto da Câmara de Vereadores de Passo Fundo. A atividade contou com a presença dos parceiros do Fórum, bem como vereadores, gestores de escolas públicas e privadas e de outras representações do município. Um dos principais focos do encontro foi a apresentação das ações do Programa UniverCidade Educadora e Inteligente. O encontro também integra as ações do Maio Amarelo, mês de conscientização para a redução de acidentes de trânsito.

A solenidade de abertura do evento teve a participação da coordenadora do Universidade Educadora e Inteligente, professora Dra. Eliara Levinski, da coordenadora do projeto Circulando Cidadania, professora Me. Daniela dos Santos, do coordenador do projeto Cidades Inteligentes, professor Dr. Roberto Rabello, do agente de trânsito do Núcleo de Educação para o Trânsito, Emerson Drebes, e do presidente da Câmara de Vereadores, Fernando Rigon.

O objetivo principal do encontro foi apresentar o Programa UniverCidade Educadora e Inteligente, que visa propor tecnologias para o desenvolvimento de soluções computacionais em cidades inteligentes, como forma de oportunizar aos cidadãos qualidade de vida, sustentabilidade e bem-estar. Soledade, Marau e Carazinho são os municípios que já aderiram ou estão em processo de adesão do programa. 

A coordenadora do UniverCidade Educadora e Inteligente destacou os benefícios de as cidades aderirem ao programa. “A ideia é compartilhar as contribuições e intencionalidades do programa UniverCidade Educadora, que tem projetos de extensão que dialogam com a pesquisa, o ensino e com territórios de abrangência da Universidade. O diálogo é sobre a natureza do programa, do projeto Circulando Cidadania e do Cidades Inteligentes, que integram o programa e fazem a interlocução na perspectiva de que os territórios educam e se educam”, destacou Eliara.

Sobre o Programa
Desde 2011, a UPF desenvolve inúmeras ações ligadas à educação e mobilidade que serviram de elemento motriz para a construção do Programa UniverCidade Educadora. Fortalecendo a dimensão pedagógica, participativa e de controle social das políticas públicas, o Programa configura-se como um espaço de ampliação do debate de saberes educativos intencionais, no âmbito da educação formal, não formal e informal. 

Ele visa à realização de ações para pensar a cidade como um território pedagógico orientando suas diversas ações na perspectiva de uma cidade educadora, concebendo o meio urbano enquanto contexto, agente e conteúdo da educação. 

Saiba mais no site www.upf.br/univercidadeeducadora.