Notícias UPF

Professor da UPF apresenta trabalho em congresso nos Estados Unidos

  • Por: Assessoria de Imprensa
  • Fotos: Divulgação/UPF

A reunião anual da International Association for Dental Research (IADR) é o maior Congresso de pesquisa na área de odontologia mundial. Neste ano, o evento foi realizado de 21 a 26 de março, em San Francisco, Califórnia, Estados Unidos, e contou com a participação de mais de 7 mil pesquisadores. O diretor da Faculdade de Odontologia da Universidade de Passo Fundo (UPF), professor Alvaro Della Bona, apresentou no congresso uma pesquisa realizada no Programa de Pós-Graduação da Instituição (PPGOdonto-UPF) em conjunto com outros centros internacionais de pesquisa. Além disso, o professor também foi o avaliador do prêmio mais importante do evento, o Hatton award.

Della Bona participa do congresso do IADR desde 1991, apresentando trabalhos de pesquisa desenvolvidos na UPF ou em centros de pesquisa onde ele realizou sua formação de pós-graduação no exterior. “Em sua 95ª edição, o Congresso da IADR continua sendo a maior fonte de inovação, colaboração e interação na pesquisa odontológica mundial”, diz ele.

De acordo com o professor, o trabalho apresentado no evento foi realizado em colaboração com pesquisadores da Universidade do Texas, Estados Unidos, e da Universidade de Granada, Espanha. “Esse foi mais um estudo multicentro de abrangência internacional, por meio do qual nosso grupo de pesquisas no PPGOdonto interage contínua e intensamente com outros grandes centros de pesquisa, resultando em trabalhos de excelente qualidade e impacto inovador. Alguns dos nossos recentes trabalhos foram usados como referência para fundamentar parâmetros de normas ISO, o que demonstra o alto nível e qualificação das pesquisas”, aponta ele.

A contínua participação em eventos internacionais, para Della Bona, tem proporcionado inúmeras atividades de colaboração internacional com diversos centros de pesquisa. “Além das universidades do Texas e de Granada, envolvidas diretamente nesse trabalho, o nosso grupo tem colaboração efetiva e atual com outras grandes universidades de todo o mundo”, destaca o professor, citando, dentre as parceiras, as Universidades de Mississippi (UMMC), de Nova Iorque (NYU), de Sheffield (US), de Otago (UO), da Florida (UF), de Oregon (OHSU), de Michigan (UM), de Hong Kong (HKU) e de Singapura.

Na opinião do docente, essa colaboração internacional é essencial para acompanhar o progresso incrivelmente rápido da ciência e da tecnologia, mantendo grupos de pesquisa como o PPGOdonto em condições de produzir conhecimento inovador e preparar seus alunos de forma diferenciada para o mercado de trabalho. “A participação de professores e alunos em eventos é extremamente importante para o crescimento e consolidação de qualquer programa de pós-graduação. As atividades de pesquisa, docência, colaboração entre pesquisadores e a renovação de conhecimentos são sempre precursoras de atividades futuras de grande relevância para qualquer centro de pesquisa ou universidade”, finaliza Della Bona.