Notícias UPF

MAVRS planeja exposição sobre feminicídio

  • Por: Assessoria de Imprensa
  • Fotos: Franciele Moares/MAVRS

A primeira reunião sobre o planejamento da exposição “Amor que mata: do sonho ao pesadelo do feminicídio no RS” e ações complementares ocorreu na quinta-feira, 4 de abril, no Museu de Artes Visuais Ruth Schneider (MAVRS). A exposição tem como objetivo abordar a luta contra a violência doméstica e de gênero. Sua inauguração será no dia 9 de maio, no Portal das Linguagens, Campus I da Universidade de Passo Fundo (UPF). 

A mostra será um convite ao visitante a um mergulho profundo no sonho de amor, embalado por poemas de Frida Khalo e Pablo Neruda, e também apresentará fotografias de Fran Tobin, Francisco Severo e Suelena Moreira. A instalação versará o feminicídio em território gaúcho, instigando à reflexão sobre relacionamentos adoecidos e as saídas possíveis para mulheres que vivem tal situação. 

Além disso, a exposição integrará a programação da Semana Nacional de Museus, do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram). Com a curadoria das museólogas Doris Couto e Leila Pedrozo, será realizada juntamente com o Instituto de Direitos Humanos, Econômicos, Sociais, Culturais e Ambientais Brasil (Idhesca), em parceria com a Comissão de Direitos Humanos de Passo Fundo (CDHPF) e o MAVRS. A mostra contará ainda com o apoio dos projetos e cursos de extensão da UPF que integram a Faculdade de Artes e Comunicação (FAC), Faculdade de Direito (FD) e o Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH) e entidades externas.

Outras atividades paralelas estão programadas, como o VIII Colóquio Nacional de Direitos Humanos, que ocorre entre os dias 7 e 9 de maio, na Faculdade de Direito, e o FAC Cine Fórum,  de 13 a17 de maio no Centro de Eventos.  Mais informações podem ser obtidas pelo (54) 3316-8586 ou 3316-8587 e pelo e-mail mavrs@upf.br. O MAVRS é vinculado à Vice-Reitoria de Extensão e Assuntos Comunitários da Universidade de Passo Fundo (VREAC/UPF).