Notícias UPF

Atleta Tiago Perez é selecionado para o triathlon mais extremo das Américas

  • Por: Assessoria de Imprensa
  • Fotos: Divulgação

Pelo segundo ano consecutivo, o esportista está entre os escolhidos para participar do Fodaxman

O Fodaxman Extreme Triathlon, prova de triathlon extremo realizada em Santa Catarina, vai integrar, neste ano, o calendário do XTri World Tour, circuito mundial que reúne outros eventos da modalidade que aliam grandes distâncias e dificuldades aos atletas. Em 2019, a competição será realizada no dia 14 de dezembro. O atleta da Universidade de Passo Fundo (UPF) Tiago Perez marcará presença nela pelo segundo ano consecutivo.

Perez comenta sobre ser um dos competidores da disputa. “Passar novamente por uma seleção criteriosa, na qual é avaliado o currículo de cada atleta; depois, passar por um sorteio devido ao pequeno número de vagas e, novamente, estar selecionado para a prova de triahtlon mais difícil da América do Sul é uma grande honra”, disse.

Junto do Fodaxman, mais duas provas foram selecionadas como “prospect races”: a Black Lake Xtreme Triathlon, em Montenegro, e a Manx Xtreme Triathlon, na Ilha de Man, no Reino Unido. Os três eventos se unem ao Norseman (Noruega), Swissman (Suíça), Celtman (Escócia), Janosik Slovak (Eslováquia), Canadaman (Canadá), Swedeman (Suécia), Icon (Itália), Hispaman (Espanha) e Patagonman (Chile), que são provas do XTri World Tour, classificatórias para o XTri World Championship.

O atleta da UPF competirá em duas etapas do Circuito XTri World Tour, principal e maior circuito de triathlon extremo do mundo. “Me desafiarei também no Patagonman, no dia 1º de dezembro, ou seja, terei duas etapas duras em apenas 15 dias, somando as distâncias de 7,6 km de natação noturna, 360 km de ciclismo, e 84 km de corrida em cenários de tirar o fôlego”, conta Perez.

O XTri World Tour traz para o cenário mundial corridas de triathlon extremo em locais únicos. Com tamanhos de campo limitados e forte integração com a comunidade, as provas são experiências memoráveis na vida dos triatletas. Em 2019, o Circuito Mundial contará com doze eventos, passando por Noruega, Suíça, Escócia, Eslováquia, Canadá, Suécia, Itália, Espanha, Chile, Montenegro, Ilhas de Mann e Brasil. Todas as etapas serão classificatórias para o Mundial da categoria, que acontece em 2020, na Noruega.