Notícias UPF

Acadêmicos do curso de Ciências Econômicas visitam empresa do UPF Parque

  • Por: Assessoria de Imprensa
  • Fotos: Divulgação

Conhecer para interpretar as transformações do mundo em diferentes contextos torna-se cada vez mais desafiador na formação acadêmica. Na noite de 5 junho, estudantes do VII nível do curso de Ciências Econômicas da Universidade de Passo Fundo (UPF) visitaram a Empresa Optim Tecnologia sob Medida, instalada no módulo III do Parque Científico e Tecnológico UPF Planalto Médio (UPF Parque).  

Conforme o professor Me. Rodrigo Ferneda, o objetivo da atividade foi agregar o conhecimento da disciplina de Economia Institucional aos estudantes, pois ao longo do semestre os estudantes aprenderam mais sobre inovação tecnológica, em especial, a indústria 4.0. 

Na oportunidade a gestora da Optim, Mariana Bier, apresentou as etapas do processo de adoção de tecnologias de fronteira e sua importância no contexto econômico e social, e na visita in loco, a turma pode conhecer a funcionalidade da tecnologia e suas especificidades.  “As tecnologias da indústria 4.0 serão um marco no desenvolvimento da sociedade e nas economias em nível global. O conhecimento e a interdisciplinaridade serão essenciais para a formação de novos profissionais e requalificação dos profissionais já atuantes. Melhor ainda quando se tem a possibilidade de vivenciar estes avanços tecnológicos na própria Universidade”, destaca o professor Ferneda. 

Para a acadêmica Julia Corrêa Borges, a atividade foi importante por abordar diferentes assuntos sobre a temática, relacionada também às adversidades e a constante necessidade de aprimoramento e desenvolvimento. “Na Indústria 4.0 não é diferente, ela agrega soluções tecnológicas com ênfase na resolução de problemas. Vale ressaltar que também conhecemos a estrutura da UPF Parque na visita à Optim e esses momentos são de grande importância, pois o profissional do futuro terá de ser resiliente e pensar ‘fora da caixa’, trazendo soluções inovadoras e de fácil acesso à sociedade”, disse a estudante.  

De acordo com o professor, a indústria 4.0 é conhecida também como a Quarta Revolução Industrial, tendo surgido na Alemanha em 2011. “Países como Estados Unidos, China, França, Japão estão adotando as tecnologias em seus setores de vocação empreendedora. Esse novo cenário envolve a transformação de sistemas entre países, empresas, indústrias, governo e consequentemente de toda a sociedade”, finalizou o docente.