Notícias UPF

Aniversário do Mundo da Leitura terá participação do grupo Teatro Depois da Chuva

  • Por: Assessoria de Imprensa
  • Fotos: Divulgação

Grupo fará uma participação especial, consolidando a parceria que, desde 1999, promove a arte e a formação de leitores por meio da contação de histórias e diferentes manifestações artísticas.

Motivado pelo objetivo de aproximar o leitor do texto literário, sensibilizando-o com a linguagem artística, o Centro de Referência de Literatura e Multimeios – Mundo da Leitura – da Universidade de Passo Fundo (UPF) criou, em 1999, o Grupo de Contadores de Histórias do Mundo da Leitura, coordenado pelo ator e diretor Marcio Bernardes e pela atriz e figurinista Betinha Mânica, integrantes do Teatro Depois da Chuva. A partir de encontros semanais, os monitores participavam de oficinas de canto, exercícios vocais e jogos de improvisação teatral, desenvolvendo mecanismos que os preparassem para contar histórias. 

Ao completar 21 anos e para consolidar a parceria com o Teatro Depois da Chuva, o  Mundo da Leitura contará com a apresentação Menina bonita do laço de fita, baseada na obra de Ana Maria Machado. A história aborda, de forma divertida e delicada, assuntos como preconceito, autoestima e amizade. Utilizando-se de objetos, bonecos e variações vocálicas, cria-se uma atmosfera lúdica para a atriz contar essa história com sensibilidade e poesia.

Com início às 15 horas, o projeto Arte & Literatura aos Sábados – edição de aniversário ocorre neste sábado, dia 29 de setembro, no Mundo da Leitura. Além da apresentação Menina bonita do laço de fita, a programação também terá exposição de artes visuais, apresentação de danças, poesia, capoeira e sorteio de brindes. Todas as atividades são gratuitas e abertas à comunidade. 

Sobre o Teatro Depois da Chuva
O grupo Teatro Depois da Chuva iniciou suas atividades em 1998 e completa, em 2018, 20 anos. Seus fundadores, Betinha Mânica e Márcio Bernardes, partiram do conhecimento obtido junto a mestres para investigar o trabalho de ator, fundamentalmente por meio de treinamento sistemático. Nos primeiros anos, o grupo compartilhou com o público os resultados do trabalho, apresentando os espetáculos Depois da Chuva e Intolerância.

O grupo prioriza, desde sua fundação, o aprofundamento da investigação do trabalho do ator/das artes cênicas, utilizando-se, para tanto, do intercâmbio com artistas e grupos, participando de encontros nos quais os estilos de trabalho são experimentados, articulando possibilidades. O grupo se dedica, também, a ministrar cursos na área (representação, contação de histórias, figurino, maquiagem, capacitação de educadores, ações para o bem-estar).