Notícias UPF

UPF promoveu seminário on-line sobre a Reestruturação Político-Administrativa da Instituição

  • Por: Assessoria de Imprensa

Iniciativa, realizada nos dias 23 e 24 de março, possibilitou a participação dos funcionários e professores na discussão de um novo modelo de governança

A reforma em debate está prevista como ação estratégica no Plano de Desenvolvimento Institucional em vigor, com o objetivo de ampliar a capacidade de planejamento e governança na Universidade de Passo Fundo (UPF). Com este intuito, uma Comissão Especial foi designada a fim de estudar alternativas para um novo modelo político-administrativo.  As mudanças do contexto educacional nas últimas décadas e a complexificação do cenário, agravada pelas consequências da crise econômica e sanitária que impactam toda a sociedade, mobilizam a Instituição para uma análise profunda de como se organiza e, especialmente, de que forma tal estrutura pode ser ainda mais dinamizada, observando-se os princípios que historicamente sustentam sua natureza comunitária, a excelência acadêmica e a produção do conhecimento.

No evento, viabilizado em três turnos distintos, com a mesma temática e metodologia, o estudo foi socializado pela Comissão Especial como ponto de partida para o debate.  Divididos em pequenos grupos, os professores e funcionários participantes do Seminário puderam dialogar sobre os elementos apresentados, manifestando suas percepções, identificando potencialidades e fragilidades do estudo, contribuindo com novas ideias e reflexões.  Os grupos fizeram o relato final em plenária e uma nova síntese será compilada a partir das sugestões coletadas, a serem consideradas na continuidade do processo.
 
A reitora da UPF, professora Dra. Bernadete Maria Dalmolin, ressalta a importância deste momento para pensar em um novo modelo adequado aos desafios e ao momento vivenciado pela educação superior no país. “Para que isso ocorra, é fundamental este movimento de escuta, de debate no campo das ideias, do entendimento de que o olhar divergente agrega. Isto tudo será resultado de um trabalho conjunto, em busca das melhores possibilidades”, enfatiza a reitora, destacando, ainda, o trabalho das gestões passadas, que contribuiu com a construção da história da UPF nestes mais de 50 anos. “Não podemos deixar de ressaltar as excelentes práticas de gestões anteriores que fizeram escolas para muitas outras instituições e que nos permitem estar aqui, em um diálogo aberto e participativo como esse”, salienta Bernadete.
 
O presidente da Fundação da Universidade de Passo Fundo (FUPF), professor Me. Luiz Fernando Pereira Neto, reafirma o comprometimento da mantenedora e a necessidade da reforma. “A reestruturação é fundamental e a Fundação está justamente comprometida em gerar o fôlego financeiro necessário para todas as reformas que serão desencadeadas pela Instituição”, garante Pereira Neto, que parabenizou a Comissão Especial e a Reitoria pela coragem e determinação em trazer ao debate esse importante tema.