• Design é uma atividade de projeto responsável pelo planejamento, pela criação e pelo desenvolvimento de produtos e serviços. O curso é de curta duração e de formação tecnológica. A formação específica está presente desde o nível inicial, proporcionando contato efetivo com a futura profissão.

  • Relação teoria-prática: os conteúdos de cada semestre são desenvolvidos em disciplinas como Projetos Integradores Multidisciplinares (PIM), que desafiam os acadêmicos a criar soluções para situações concretas, o que contribui para a construção de um diálogo crítico e criativo entre alunos e professores.

  • Corpo docente qualificado e estrutura de excelência: além de professores especializados, o curso conta com biblioteca e infraestrutura adequadas ao desenvolvimento de diferentes atividades teórico-práticas.

  • Laboratórios: somados à infraestrutura geral de laboratórios da UPF, o curso conta com laboratórios direcionados para o desenvolvimento e a realização de atividades práticas específicas.

  • Projetos de extensão: o curso dispõe de projetos de extensão institucionalizados, como o Centro Vocacional e de Inovação Tecnológica da Indústria Moveleira (Cetimov), o Núcleo de Design (NuDo) e o Design Colaborativo. Contempla, também, duas linhas de pesquisa, Gestão de Design e Projeto de Produto, que estão vinculadas ao Diretório dos Grupos de Pesquisa no Brasil (CNPq) e proporcionam envolvimento de alunos, professores, indústrias e comunidade, contemplando o ensino, a pesquisa e a extensão.

  • NuDo: o Núcleo de Design permite uma aproximação entre a Universidade e o setor criativo, produtivo e consumidor, a partir da interação entre os públicos envolvidos na área de design. Também abrange a prestação de serviços e o desenvolvimento de pesquisas relacionadas à área.

  • Participação em congressos e eventos de design: os alunos participam e publicam trabalhos em congressos e eventos importantes de design no país.

  • Viagens de estudo: semestralmente, é realizada uma viagem de estudos a fim de possibilitar e estreitar relações com as empresas e o mercado.

  • Comprovação de competência: uso de ferramentas básicas de informática.

  • Ato autorizativo: Portaria Seres nº 56, de 3 de fevereiro de 2017, e DOU em 6 de fevereiro de 2017.

  • Indicadores de Qualidade

Coordenação

Me. Teofanes Foresti