Universidade

Visitando o conhecimento desde cedo

25/11/2021

16:03

Por: Assessoria de Imprensa

Fotos: Tainá Binelo

33 crianças de Paulo Bento visitaram o Campus I nesta quinta-feira (25) e tiveram a oportunidade de descobrir o dia a dia dos cursos oferecidos pela Instituição

Conhecer lugares e viver novas experiências fica registrado na memória para sempre. Como o primeiro dia de aula, a primeira viagem ou a primeira vez experimentando a comida que hoje é a sua preferida. A Universidade de Passo Fundo (UPF) orgulha-se de fazer parte de muitos momentos marcantes como esses, seja na entrega do diploma ou na primeira visita ao Campus.

Crianças participam do CRAS

Nesta quinta-feira, 25 de novembro, 33 crianças do município de Paulo Bento criaram suas memórias na nossa Universidade. E os olhos curiosos não mentem: é tudo novidade por aqui.  As descobertas acompanharam o dia dos jovens de 7 a 15 anos que, orientados por professores, funcionários e acadêmicos da Instituição, conheceram as Unidades Acadêmicas e experimentaram, questionaram e aprenderam mais sobre a realidade dos cursos oferecidos. 

O passeio, organizado pelo Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) da cidade, buscou apresentar as diversas oportunidades de escolhas profissionais e de ensino que os integrantes podem fazer, além de ser um reconhecimento pela participação ativa das crianças nas oficinas propostas pelo serviço. “Queremos mostrar que existe um mundo de possibilidades após o ensino fundamental. Sabemos que não está fácil o retorno à normalidade, mas queremos que eles se sintam incentivados a continuarem estudando com seriedade”, aponta a secretária de assistência social do município, Isabel Kalinovski.

Enzo se encantou pelas cursos

Por todo lugar que ia, Enzo Lira, 9 anos, mostrava-se encantado. Seja ao brincar nos equipamentos dos laboratórios da Faculdade de Educação Física e Fisioterapia (FEFF) ou gravando no laboratório de rádio da Faculdade de Artes e Comunicação (FAC), o interesse do garoto só crescia. Ainda no 3º ano do ensino fundamental, Enzo não decidiu qual carreira seguir, mas se apaixonou pelas diversas áreas que conheceu durante o passeio. “Gostei muito da parte da educação física, da natação, da rádio e da música. Foi muito legal!”, conta. 

INSCREVA-SE